Pelo menos 30 funcionários devem ser demitidos da Paquetá em Pentecoste - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 3 de abril de 2020

Pelo menos 30 funcionários devem ser demitidos da Paquetá em Pentecoste

Diante da crise instalada por conta do Coronavírus - Covid - 19 o povo brasileiro vive de incertezas. Seja com o sistema de saúde ou mesmo na questão financeira, que de uma hora pra outra abalou todas as estruturas econômicas do país. No Ceará o decreto governamental que  está previsto para acabar no domingo (5), poderá ser prorrogado.
Foto ilustrativa

Na noite desta quinta-feira (2), durante live no Facebook, O governador Camilo Santana falou que já está estudando prorrogar, mais uma vez, o decreto que proíbe serviços não essenciais de funcionar no Ceará durante a pandemia.

Diante desse quadro muitas empresas estão fazendo demissões em massa como foi o caso da fábrica de calçados Democrata que demitiu mais de mil funcionários.

Segundo informações aqui no município de Pentecoste, a fábrica de Calçados Paquetá que tem em seus quadros mais de  800 funcionários,  já está emitindo carta de demissões a vários deles. Serão aproximadamente 30 demissões em Pentecoste, 400 em Itapajé e 50 em Uruburetama. (Fonte preservada).

Ainda segundo a fonte o motivo de serem poucas demissões em Pentecoste se dar por conta de que muitos compromissos com os clientes já estão firmados e não podem ser cancelados, o que garante ainda uma boa demanda de mão de obra. Praticamente todos os funcionários da Paquetá de Pentecoste estão em casa obedecendo ao decreto do Governo do Estado do Ceará, Camilo Santana. 

Diante das demissões que está ocorrendo ou que ainda poderão ocorrer, toda a classe trabalhadora está atualmente vivendo de incertezas. O que se espera é que tanto a crise na Saúde, quando a financeira passe o mais rapidamente possível.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!