sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Confira na íntegra a sessão da Camara de Pentecoste do dia 30/10/2014


Leia mais

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Major Ricardo Moura cumpre mandado de prisão preventiva em Apuiarés



O comandante do 11º Batalhão de Itapipoca, juntamente com policiais da 4ª CIA comandada pelo major Adrianízio e com levantamento feito pelo serviço reservado, cumpriram por volta das 15 horas desta quinta feira, 31, um mandado de prisão preventiva contra Francisco Anibas Alves Bezerra, “Vulgo NIBA”, 53 anos, casado residente na comunidade de Pitombeira, Apuiarés.

O Mandado de prisão foi expedida pela pela MMª Juíza de Direito Marília Lima Leitão Fontoura, ainda quando titular da Vara Única da Comarca Vinculada de Apuiarés/CE. A prisão ocorreu em sua residencia e não esboçou nem uma reação. "Niba", responde ao Artigo 33 caput, 34 e 35 da Lei 11.343/2006, Processo Nº 2008.160.00065-7. O Prso foi conduzido a Delegacia de Pentecoste e em seguida foi levado para a Cadeia Pública deste município.

Assista o vídeo concedido pela major Ricardo Moura que fala sobre o caso.


Leia mais

Grande Festa de Halloween em Pentecoste!!

Que halloween é uma festa muito conhecida aqui no Brasil todo mundo sabe. Mas o que nem todo mundo sabe é a história do Halloween. E você? Já conhece a história?

O Halloween é uma das comemorações mais antigas da história, originou-se há milhares de anos. O Halloween que conhecemos hoje teve a influência de muitas culturas no decorrer dos séculos . É uma festa muito popular nos Estados Unidos e Inglaterra, e é celebrada no dia 31 de outubro (o que você não sabia é que 31 de outubro no Brasil é o dia do Saci) . Os celtas da Bretanha Antiga cultuavam a natureza e tinham muitos deuses, sendo o deus Sol seu favorito, pois era "ele" quem determinava o tempo de trabalho e o tempo de descanso, além de ser também o responsável pela beleza da terra e a fartura da colheita.

Eles acreditavam que bruxas, demônios e espíritos de pessoas mortas ficavam pairando na véspera de 1º de novembro, quando celebravam o dia de Todos os Santos

E em Pentecoste essa data não poderia passar em branco não é mesmo?

No dia 31, nessa sexta-feira, não percam a maior festa de Halloween da historia desse municipio!
Varias atrações faram parte deste grande evento, uma delas é a sala temática que em seu interior seres aterrorizantes que irão te deixar sem folego. A festa começará ás 20hrs  e não tem hora prevista pra acabar. Terá bebidas tipicas de Halloween e alguns aperitivos. E o DJ mas falado da região irá marca presença e nos contagiará com seu som #Caio Farias. E ainda terá uma participação surpresa de um outro DJ. Não é incrivel?  O ingresso custa apenas R$5 antecipado. Você pode ir fantasiado e ainda poderá concorrer a prêmios!!!
Vai ser supimpa!!
.
Leia mais

DILMA É AMEAÇADA POR EX-TENENTE EM REDE SOCIAL COM SUPOSTA BALA DE FUZIL


(Foto: Reprodução) -
Uma publicação que circula em redes sociais desde a noite do último domingo (26) traz um homem vestido com uma farda de tenente do Exército ameaçando a presidente Dilma Rousseff (PT). A legenda da foto em que o homem aparece segurando o que parece ser uma bala de fuzil diz: "Dilma... Essa é pra vc... Eu estou pronto! Só esperando o toque da corneta."

O Ministério da Defesa informou que o autor do post serviu ao Exército em 1998 em Belo Horizonte (MG) e não pertence mais ao quadro da instituição. O G1 tentou entrar em contato com ele no início da tarde, mas a página pessoal do ex-militar tinha sido retirada do ar.

De acordo com o ministério, o objeto na mão do homem é um chaveiro e ele não se apresenta de forma condizente com as normas das Forças Armadas – tem barba por fazer e veste um uniforme desatualizado. O caso não vai ser investigado, por não se tratar de crime militar, informou o ministério.

A Polícia Federal informou ao G1 que não tem investigação aberta para apurar o caso. De acordo com a PF, não há crime caso a munição não seja de verdade.

A postagem foi identificada pelo Ministério da Defesa nesta segunda, depois de um acesso ao perfil do ex-tenente. Ela foi curtida por pelo menos 61 pessoas e compartilhada 129 vezes. Segundo comentários na rede social, antes de cancelar o perfil, o homem apagou a imagem.

De acordo com a Lei de Segurança Nacional, é crime caluniar, ofender a integridade corporal e atentar contra a liberdade pessoal do presidente da República. As penas podem chegar, respectivamente, a até quatro, três e 12 anos de prisão. A Secretaria de Comunicação da Presidência não se manifestou até a última atualização desta reportagem.

A presidente Dlma Rousseff foi reeleita no último domingo com 51,64% dos votos, depois de disputar o pleito considerado mais acirrado desde a redemocratização. O tucano Aécio Neves teve 48,36% dos votos. Com a vitória, o PT completará 16 anos no comando do governo federal – dobro do período do PSDB.

Fonte http://www.redebrasilnoticias.com.br/2014/10/dilma-e-ameacada-por-ex-tenente-em-rede.html
Leia mais

Conheça a biografia do novo secretário de esporte de Pentecoste


José Régis Quintela Gomes trabalha na área da educação desde o ano de 2001, quando iniciou suas funções como professor substituto na Escola de Ensino Fundamental Francisco Sá, na gestão do saudoso Prefeito Antonio Carneiro. Graduado em Pedagogia, pela Universidade Estadual Vale do Acarau-UVA. Pós-graduado em Psicopedagogia Institucional e Clinica pela Faculdade Vale do Salgado-IVS, Habilitado em Matemática pela Faculdade da Grande Fortaleza-FGF, possui ainda o curso técnico em Educação Física, sendo provisionado pelo Conselho Regional de Educação Física CREF-5/002880-P/CE.

No ano de 2003 foi aprovado no concurso público para professores da rede municipal de ensino, aqui mesmo em Pentecoste, onde desde então exerceu suas funções profissionais nos seguintes locais: Programa AABB Comunidade (Sede), onde regressou no ano de 2008; nos anos de 2005 e 2006 esteve lotado na E.E.F. Maria Nunes de Abreu na Comunidade de Malhada-Ilha (essa localizada a 53 km da sede do município, no qual o acesso se dá através de barco a motor). No ano de 2007 trabalhou na E.E.I.F. Francisco Sá (Núcleo "D"), frisando que todas as instituições educacionais citadas acima são da rede municipal de ensino. Em meados do ano de 2005 prestou concurso para professor da rede estadual, sendo aprovado e chamado a exercer o cargo no inicio do ano de 2006, onde lecionou nas escolas: E.E.F.M.Tabelião José Ribeiro Guimarães(2006 e 2007) e E.E.F.M. Etelvina Gomes Bezerra(2006 a 2014). 

Intercalado a educação, desenvolveu vários projetos voltados para o esporte onde pode coordenar escolinhas de futebol e por vários anos representou o Time de Futebol local, Central Esporte Clube nos campeonatos de futebol organizados pela Liga Desportiva de Pentecoste. Estava até então como subsecretário de Educação, onde iniciou suas atividades em Janeiro/2013, formando uma dupla com a Professora Alaíde Guimarães, e em parceria com todas as esferas que compõem o sistema educacional, conseguiram elevar significativamente os índices da educação no município de Pentecoste. Está cursando atualmente o ultimo semestre de Especialização em Gestão Escola pela Universidade Federal do Ceará-UFC.

Este é Régis Gato, natural de Pentecoste-Ceará, filho de uma família tradicional, casado, pai de duas filhas, 34 anos, Professor das redes municipal e estadual de ensino, apaixonado por esportes, praticante de ciclismo e sanfoneiro nas horas vagas.
Leia mais

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Vereador Deca Cassaco diz que ser lider da prefeita é ser uma especie de "Fuxiqueiro"

O vereador Deca Cassaco, usou a tribuna da Camara de vereadores nesta quinta feira, 23, e comunicou que é o novo líder da prefeita Ivoneide Moura naquela casa legislativa. Ele falou para o vereador Daniel do Zé Gomes que foi convidado para ser o lider da prefeita e não achou muita coragem para aceitar, se referindo a discursos anteriores do vereador de oposição que desafiou quem fosse defender as denuncias feitas contra a atual administração.

O vereador Deca Cassaco falou ainda que ser líder é ser uma espécie de "Fuxiqueiro" se referindo o fato de que tem que levar as reivindicações dos vereadoras para a prefeita, assim como trazer as demandas da prefeita para a apreciação dos vereadores.

Deca disse ainda se referindo ao vereador Daniel Castro que vai ser lider, mas nãop vai deixar de ser vereador, também em alusão a fala do parlamentar que disse que sempre esteva ao lado do povo.

Assista um trecho da fala do vereador Deca Cassaco.


Agora assista na íntegra toda sessão da Camara dos vereadores da última quinta feira, dia 23/10
Leia mais

Câmara derruba decreto de Dilma que regulamenta os conselhos populares

Governo tentou obstruir votação, mas não conseguiu. Proposta ainda precisa ser aprovada no Senado
POR ISABEL BRAGA


Deputados da oposição comemoram a derrubada de decreto presidencial - André Coelho / O Globo

BRASÍLIA — A Câmara aprovou na noite desta terça-feira a proposta que susta o decreto da presidente Dilma Rousseff que regulamenta os conselhos populares. Tendo em mãos a promessa da oposição de obstrução das votações da Câmara enquanto não fosse votada a matéria, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), convocou a sessão extraordinária para votá-la, contrariando o governo federal. Tentando evitar o pior, o governo obstruiu o processo de votação para tentar inviabilizar derrubada, mas não conseguiu.

Henrique Alves fez questão de conduzir com mãos de ferro a votação, cobrando pressa nas manifestações e encaminhamentos dos líderes contrários à medida. Agora, a derrubada do conselhos ainda terá que ser votada pelo Senado.

— Essa derrota é educativa. É para mostrar que o discursos do diálogo, de conversa com o Congresso Nacional, não pode ficar só na teoria, tem que acontecer na prática — afirmou o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).

Nos bastidores, líderes aliados atribuíram a atitude do presidente da Câmara à derrota sofrida no último domingo, quando perdeu a eleição para o governo do Rio Grande do Norte com a ajuda dada pelo PT e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a seu adversário, Robinson Faria (PSD). Uma das expressões mais repetidas no dia em conversas reservadas, para classificar a atitude de Henrique, foi que ele voltou para a Câmara, “com sangue nos olhos” e sem dar espaço para conversas ao líder do governo, Henrique Fontana (PT-RS), que queria evitar a votação do decreto.

Henrique negou que tenha agido em retaliação ao que aconteceu na eleição. Disse que há três meses ele tinha avisado que a votação do decreto era uma de suas prioridades e apenas estava cumprindo a promessa. Ele sustentou que a oposição deixou claro que não votaria nada antes da votação do decreto.

— Se eu aceitar passivo, essa Casa não vota mais nada até o final do ano. Essa questão tem que ser decidida no voto. Quem tiver votos para ganhar, parabéns. Quem não vencer, tem que respeitar o resultado. Como presidente eu já disse, há três meses, que o decreto seria uma pauta prioritária — disse o presidente da Casa antes da votação, negando a retaliação ao PT. — Seria desinformação, que se pensasse assim. Há três meses tenho incluído o decreto como item prioritário na pauta.
Henrique Eduardo Alves contraria governo e coloca em pauta votação contra o decreto de Dilma que cria os conselhos populares - André Coelho / Agência O Globo

Mesmo ciente de que seria derrotado, o governo não quis abrir mão e retirar o decreto do Congresso Nacional, o que evitaria a derrota em plenário. Há três meses, antes do início da campanha eleitoral, Henrique Alves sugeriu que a presidente Dilma Rousseff retirasse o decreto e mandasse a proposta por meio de projeto-lei com a medida. O governo não aceitou. Segundo aliados, o governo não queria mostrar fraqueza. A mesma proposta foi feita por aliados depois da eleição já ganha por Dilma, mas o governo continuou irredutível.

Mais cedo, o líder do governo na Câmara, Henrique Fontana (RS) disse que os que querem derrubar o decreto de Dilma deveriam garantir o quórum na votação. A oposição, com a ajuda de partidos da base aliada, entre eles o PMDB, conseguiu aprovar a urgência do decreto. Na votação desta terça, é necessária a presença de pelo menos 257 deputados em plenário. O decreto é aprovado por maioria simples.


PUBLICIDADE

— Se eles (oposição) querem derrubar o decreto, que coloquem o número de votos necessários — disse Fontana.

O decreto 8.243/2014, da presidente Dilma Rousseff, cria a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e diz que o objetivo é “consolidar a participação social como método de governo” que determina aos órgãos governamentais, inclusive as agências de serviços públicos, promover consultas populares.

Na prática, a proposta obriga órgãos da administração direta e indireta a criarem estruturas de participação social. O decreto lista nove tipos de estruturas que devem ser utilizadas: conselhos de políticas públicas; comissão de políticas públicas; conferência nacional; ouvidoria pública federal; mesa de diálogo; fórum interconselhos; audiência pública; consulta pública; e ambiente virtual de participação social.

O Globo
Leia mais

Roberto Mesquita lamenta desaceleração econômica do País

Dep. Roberto Mesquita (PV)Foto: Máximo Moura

O deputado Roberto Mesquita (PV), em pronunciamento durante o segundo expediente da sessão plenária desta quarta-feira (29/10), chamou atenção para a desaceleração econômica que o País atravessa em razão da perda de força do setor industrial. Segundo o parlamentar, a indústria brasileira vive uma recessão e vem perdendo cerca de 100 postos de trabalho por dia. Ele cobrou um novo mandato de mais diálogo da presidente Dilma Rousseff com o setor produtivo.

“Temos uma crise interna, com falta de investimentos na indústria, com setores sendo liquidados e dizimados pela concorrência de outros países, e precisamos de políticas adequadas para fazer a indústria voltar a crescer”, salientou Mesquita.

O deputado sugeriu a criação de barreiras protecionistas para salvaguardar os postos de trabalho dos brasileiros e apontou que, se deixarmos o setor industrial esmorecer agora, quando o País tentar retomar a competitividade, poderá ter perdido décadas.

“Não vislumbro uma economia forte sem uma indústria forte, e um País do porte do Brasil, quando tem a sua indústria enfraquecida e sua competitividade prejudicada por regras de mercado, a nação enfraquece por consequência”, pontuou o parlamentar.
RG/CG

Fonte Al - Ce
Leia mais

No RN, vereadora sugere divisão entre Brasil e 'Nova Cuba' no Facebook

Eleika Bezerra é vereadora pelo PSDC em Natal.
Postagem publicada nesta segunda (27) sugere ainda a 'implosão' de MG.

Fernanda ZauliDo G1 RN

Figura do mapa do Brasil 'subdividido' foi postado pela vereadora de Natal Eleika Bezerra na página que ela mantém no Facebook (Foto: Reprodução/Facebook de Eleika Bezerra)

A vereadora de Natal Eleika Bezerra (PSDC) postou em uma rede social na manhã desta segunda-feira (27) uma imagem que mostra o mapa do Brasil dividido entre os estados onde Dilma Rousseff teve maioria de votos e os que onde Aécio Neves saiu vencedor. A imagem mostra os estados das regiões Norte e Nordeste, além Rio de Janeiro e Espírito Santo compondo o que denominou de “Nova Cuba”. O Brasil ficaria sendo os demais estados, com exceção de Minas Gerais, que seria “implodido para a construção de um lago”. A assessoria de imprensa da vereadora confirmou que a postagem foi publicada pela própria Eleika Bezerra.
saiba mais

Às 14h30 a vereadora emitiu nota por meio da assessoria de imprensa. O texto diz que Eleika não teve o intuito de promover o preconceito entre regiões, mas que, em relação às eleições, "presenciamos uma campanha que dividiu o país em etnias e classes sociais eivada de preconceitos e maniqueísmos, o que resulta no estímulo ao espírito separatista".

A nota diz ainda que a vereadora esteve em Cuba há cinco anos e confirmou "o avanço na educação e na saúde e a falta de liberdade, até de ir e vir. Reafirmo que o meu desejo é de que o Brasil possa se espelhar em Cuba no que diz respeito à saúde e à educação, mas nunca na ausência da liberdade de expressão". Ao encerrar, a nota afirma que Eleika é professora há mais de 50 anos e sempre teve uma postura pautada pela ética, transparência e defesa da minha liberdade de expressão. "Vivo em um país em que o direito de expressar o que penso é assegurado pela Constituição Federal e posso, portanto, manifestar minhas ideias".

A postagem causou indignação em internautas que não pouparam críticas à vereadora. "Professora, confesso que perdi toda a admiração que nutria pela sua figura. Confiava que você pudesse fazer a diferença na política potiguar, alçando inclusive voos mais altos do que o posto de vereadora de Natal. Acreditava na voz pela Educação. Agora eu vejo que a senhora é só mais uma igual a eles", comentou Heronildes Júnior. "Que absurdo, estou preocupado com esse povo que não respeita a democracia", disse Adilson Rodrigo.

Eleika foi eleita vereadora em 2012 pela primeira vez e ficou conhecida por se comprometer a doar todo o salário de parlamentar para instituições de caridade. O compromisso foi registrado em cartório à época.

Sobre a vereadora
Eleika Bezerra, 71 anos, é professora aposentada pela UFRN. Foi subsecretária de educação do Estado e secretária municipal de educação de Ielmo Marinho e Natal, onde foi responsável pela criação do Programa Pré-escola Para Todos. A professora já atuou na direção do Instituto Kennedy e fundou, junto com um grupo de educadores, o Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE).
Professora Eleika Bezerra é vereadora em Natal (Foto: Divulgação)

Leia mais

MENOS DE 1 ANO DE CADEIA; STF CONCEDE PROGRESSÃO DE PENA E REGIME ABERTO A JOSÉ DIRCEU

Com a decisão, Dirceu poderá cumprir o restante da pena inicial de sete anos e 11 meses em casa (Foto: Jorge William/O Globo)

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu hoje (28) regime de prisão aberto ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

Com a decisão, Dirceu poderá cumprir o restante da pena inicial de sete anos e 11 meses em casa.

Segundo informações da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Dirceu tem direito a progressão de regime semiaberto para o aberto desde o dia 20 de outubro, por ter cumprido 11 meses e 14 dias de prisão, um sexto da pena, requisito exigido pela Lei de Execução Penal.

Para alcançar o marco temporal para obter o benefício, o ex-ministro também descontou 142 dias da pena por trabalhar durante o dia em escritório de advocacia de Brasília e estudar dentro do presídio. Ele foi preso no dia 15 de novembro do ano passado.

De acordo com o Código Penal, o regime aberto deve ser cumprido em uma casa de albergado, para onde os presos retornam somente para dormir. No Distrito Federal, pela inexistência do estabelecimento no sistema prisional, os juízes determinam que o preso fique em casa e cumpra algumas regras, como horário para chegar ao domicílio, não sair da cidade sem autorização da Justiça e manter endereço fixo.

AUTOR: Agência Brasil
Leia mais
Produzido por ESG WEB MASTER