Black Friday no comércio varejista de Fortaleza; veja movimentação - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Black Friday no comércio varejista de Fortaleza; veja movimentação

 

                        Consumidores foram fila em loja no Centro de Fortaleza. O POVO


Em mais uma edição, a Black Friday gera expectativas tanto para empresas quanto para consumidores. A data global movimenta o comércio e é ponto de partida para a temporada de compras natalícias, com variedade de ofertas e descontos significativos em produtos. Neste 27 de novembro, consumidores fazem filas em estabelecimentos comerciais da Capital para esperar a abertura de lojas.

Os shoppings espalhados por Fortaleza e Região Metropolitana, além do comércio do Centro, são alguns dos principais pontos de concentração para clientes que buscam aproveitar promoções. De acordo com relatos, às 9 horas os consumidores já faziam fila na porta de shopping no bairro Jóquei, apesar do estabelecimento só abrir às 10 horas.

Outro ponto de bastante movimentação desde o início da manhã desta sexta, 27, é a unidade das Lojas Americanas na rua Senador Pompeu, no Centro, que funciona até 22h na Black Friday. A fila de espera na entrada da loja, em funcionamento desde 6h30min, recebe cada vez mais clientes.

Sem distanciamento
Para evitar aglomeração no interior do estabelecimento, clientes possuem entrada controlada por grupos de 10 a 15 pessoas por vez. No entanto, a logística não se estende para o ambiente externo da loja. A fila ocupa boa parte do quarteirão e clientes se aglomeram sem organização ou distanciamento social. O tempo médio de espera tem sido de 30 a 40 minutos.

Funcionários que trabalham na segurança sentem dificuldades em organizar a multidão na entrada da loja. Apesar do risco de infecção por coronavírus ser iminente e ainda causar preocupação, pessoas desrespeitam medidas de distanciamento social a fim de entrar na loja mais rapidamente. O controle de entrada por grupos se torna cada vez mais precário à medida que clientes insistem furar a fila com empurrões.

Centro de Fortaleza
A auxiliar de caixa, Eveline Santos, 43, é uma das clientes que aguardam ansiosamente na extensa fila. Ela busca por fraldas, xampus e produtos de higiene. "No ano passado, comprei fraldas de R$ 45 por R$10. Esse ano, espero encontrar promoções como essa", afirma. Questionada se a aglomeração causava alguma insegurança, Eveline disse que "não tinha medo e estava tranquila".

Apesar da grande concentração na loja do Centro, o movimento não é o mesmo no restante do bairro, que segue tranquilo. Nesta manhã, as lojas que recebem maior público são as de eletrodomésticos. Estabelecimentos de roupas e calçados têm movimentação inferior em relação ao ano passado, até o momento.

A data comercial é uma das promessas para reavivar o mercado varejista neste final de ano, sobretudo, após a crise gerada pelo novo coronavírus. Devido ao isolamento social, a maior esperança de crescimento está no comércio virtual. Segundo estimativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), as vendas online na Black Friday 2020 devem crescer até 77% em relação a 2019.


O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!