Três mulheres assassinadas entre a tarde de sexta e a madrugada de hoje no Ceará - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sábado, 25 de janeiro de 2020

Três mulheres assassinadas entre a tarde de sexta e a madrugada de hoje no Ceará

Idosa foi assassinada dentro de casa, no Icaraí, em Caucaia
Três mulheres foram assassinadas no Ceará em menos de 24 horas, no intervalo entre a tarde de sexta-feira (24) e o começo da madrugada do sábado (25), aumentando para 24 o número de vítimas de crimes deste gênero no estado neste começo de ano. Uma idosa, uma adolescente e uma ex-presidiária de 30 anos foram mortas, respectivamente, em Caucaia, Fortaleza e Juazeiro do Norte.

O primeiro crime ocorreu ainda na tarde desta sexta-feira (24), na Praia do Icaraí, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, onde uma idosa de 93 anos foi assassinada a pauladas dentro de sua residência. Segundo a Polícia, foi um crime de latrocínio (roubo seguido de morte). A anciã, aposentada, foi assassinada pelo namorado da sua própria cuidadora. A prestadora de serviços também esteve envolvida no crime e o casal acabou preso em flagrante por policiais militares do 12º BPM.

O segundo caso ocorreu na noite da sexta-feira, quando bandidos de uma facção assassinaram, a tiros, uma adolescente no bairro Conjunto Ceará. Após o assassinato, os criminosos arrastaram o corpo da garota pelas ruas e o deixaram em cima dos trilhos da linha férrea entre o Conjunto Ceará e a estação do Distrito de Jurema, em Caucaia. A vítima, aparentando em torno de 16 anos, não foi identificada no local do crime.

Tiros

No começo da madrugada deste sábado, uma mulher de 30 anos, ex-presidiária e que usava uma tornozeleira eletrônica, foi morta, a tiros, no bairro São José, na periferia da cidade de Juazeiro do Norte, no Cariri (a 528Km de Fortaleza). A vítima foi atacada quando estava dormindo em sua casa, no bairro São José.

Cerca de 15 tiros de pistola foram disparados contra Dayane da Silva Mascarenhas, 30. Dayane possuía uma extensa ficha criminal. A Polícia suspeita de um “acerto de contas”.

Fonte: CN7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!