Comerciante denuncia agressão durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal em Tianguá - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Comerciante denuncia agressão durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal em Tianguá

PRF se envolveu em confusão com vendedor de bananas em Tianguá - Reprodução SVM
Um comerciante denuncia ter sido agredido por um agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na tarde da última quarta-feira (25), em Tianguá. A vítima, Franciso Ney da Silva Cunha, de 42 anos, afirmou que foi abordado por dois policiais, que o confundiram com um motociclista que estava sendo perseguido. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento da confusão. (Veja nas imagens abaixo).


O comerciante estava na calçada de sua casa, próximo a sua moto, quando foi abordado pelos agentes, que o deram voz de prisão e ordenaram que deitasse no chão. "Ele, sem entender nada, disse que não ia deitar porque tava trabalhando e que não era ele que tava dirigindo a moto [procurada]", conta o irmão da vítima, Alez Cunha.

A Polícia Rodoviária Federal afirmou que tomou conhecimento da abordagem e está apurando o caso. 

Segundo a Polícia Civil do Estado do Ceará, um Boletim de Ocorrência sobre a agressão foi registrado e o caso encaminhado para a corregedoria da Polícia Rodoviária Federal do Ceará, responsável pela apuração. 

Alex conta que os policiais chamaram reforços do RAIO para prender seu irmão, mas não havia mandados para entrar na residência. Ele foi a delegacia espontaneamente, na companhia da advogada, prestou Boletim de Ocorrência e fez exame de corpo de delito. A moto do vendedor foi apreendida pelos agentes. 

De acordo com o vídeo da ação, gravado por uma amiga de Francisco, os policiais tentam algemá-lo, conduzi-lo a delegacia e em alguns momentos o agride. O comerciante tenta se esquivar e é protegido pela esposa e pelo irmão. Durante a ação, as pessoas próximas tentam convencer aos agentes da confusão. "Ele é trabalhador. Faça isso não", gritam alguns amigos do vendedor.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!