Pistoleiro acusado de matar radialista em Camocim, no Ceará, é condenado a 27 anos de reclusão - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sábado, 13 de abril de 2019

Pistoleiro acusado de matar radialista em Camocim, no Ceará, é condenado a 27 anos de reclusão

O pistoleiro Thiago Lemos da Silva, um dos acusados de participação direta no assassinato do radialista Gleydson Carvalho, foi condenado a 27 anos de prisão. O julgamento aconteceu nesta quarta-feira (10). Duas mulheres também suspeitas de envolvimento no crime, Gisele Souza do Nascimento e Regina Rocha Lopes, foram condenadas a 23 anos de reclusão. O crime ocorreu em agosto de 2015, em Camocim, no Ceará.

A decisão foi proferida pelo juiz de Direito da 1ª Vara da Comarca de Camocim, Mikhail de Andrade Torres. Os réus foram condenados por homicídio qualificado e participação em organização criminosa.

De acordo com o Ministério Público do Estado (MPCE), Thiago Lemos da Silva invadiu o estúdio da Rádio Liberdade FM, local de trabalho da vítima, e a executou com três disparos. O óbito de Gleydson aconteceu a caminho do hospital, quando estava sendo socorrido.

Segundo consta nos autos do processo, o autor do crime teria sido contratado por João Batista Pereira da Silva, tio do então prefeito de Camocim, motivado pela não aceitação de denúncias e críticas sobre supostas irregularidades no âmbito da gestão municipal, feitas pela vítima, durante a transmissão de um programa de rádio.

Ainda de acordo com o MPCE, Gleydson Carvalho chegou a relatar que havia recebido ameaças de morte. As rés, Gisele Souza e Regina Lopes, auxiliaram no apoio logístico para que não fossem levantadas suspeitas sobre a fase de levantamento do local mais adequado para execução da vítima e das rotas de fuga mais exitosas após a consumação do homicídio.

Segundo Gisele Souza, o valor acertado para a execução da vítima seria de R$ 9 mil, mas não soube informar se o valor indicado seria dividido entre os três condenados ou se cada um receberia tal importância.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!