Conheça a mulher que salvou vítima no acidente com Boechat enquanto pessoas filmavam e observavam - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Conheça a mulher que salvou vítima no acidente com Boechat enquanto pessoas filmavam e observavam

Leiliane Rafael da Silva, de 28 anos, é uma vendedora que ficou conhecida após salvar João Adroaldo Tomanckeves, 52 anos, motorista do caminhão que colidiu com o helicóptero que caiu em São Paulo, na última segunda-feira, 11. O acidente vitimou o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattruci.

Em meio à tragédia, muitas pessoas começaram a publicar informações sobre a ação heroica de Leiliane. No momento do acidente, curiosos se aproximaram dos destroços da aeronave para filmar o desastre, enquanto a mulher que estava na companhia do marido só pensava em ajudar as vítimas do acidente.

Em uma entrevista concedida ao programa “Hoje em Dia” da TV Record, na manhã desta terça-feira, 12, Leiliane contou para o apresentador e jornalista César Filho que conseguiu acompanhar todos os momentos até a queda da aeronave.

Segundo a vendedora, ela estava na companhia do marido em uma motocicleta. Os dois costumavam fazer esse trajeto duas ou três vezes por dia. Leiliane percebeu que o helicóptero começou a diminuir a altura e se aproximar da parte superior do viaduto.

“Eu falei para o meu marido que o helicóptero estava muito perto de nós, e pedi pra ele acelerar, pois achei que iria cair em cima de nós”, conta. No momento seguinte, ela explica que viu quando uma pessoa se jogou da aeronave. Sem que ela tivesse percebido, o caminhão passa na faixa do lado, em seguida o helicóptero cai, colide com a carreta, e chega a girar duas vezes ainda na pista. “Eu pedi pro meu marido parar imediatamente, quando vi pessoas se aproximando do caminhão, eu pulei a mureta, e comecei a olhar para dentro e vi uma pessoa presa nas ferragens, ele não conseguia falar”, explica.

O caminhão sofreu o impacto da queda do helicóptero e, sem controle, acabou batendo em um trecho da via, até parar. Leiliane conta que no veículo tinha combustível espalhado, e que as pessoas estavam com receio de que acontecesse uma explosão. “Na hora eu nem pensei em vazamento de combustível, só em tirar o homem de dentro”, diz

A vendedora conta que ao ver os destroços do helicóptero, se aproximou e conseguiu ver uma pessoas em chamas. “Eu vi um homem, mas não consegui identificar, pois tinha muito fogo sobre o corpo, ele parecia acenar, eu quis pegar na mão dele, mas um homem que estava ao meu lado disse que era pra eu me afastar, pois poderia pegar fogo também”, relata. “Eu tive que me afastar imediatamente, aí houve uma segunda explosão, e eu não pude fazer mais nada”, conta.

Ao final da entrevista, Leiliane contou que se sentiu inútil por não ter conseguido salvar todos, e que só soube de quem se tratava, quando ela estava prestando depoimento na delegacia, horas depois. “Só soube que era o jornalista porque na delegacia tinham muitos repórteres, e eles é que me contaram que era o seu Ricardo”.

O acidente

A queda do helicóptero ocorreu no km 22 da Rodovia Anhanguera, sentido interior, com o Rodoanel, e acabou explodindo. O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária. Boechat estava voltando de Campinas, onde tinha ido dar uma palestra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!