Homem que incendiou casa com a família dentro estuprava e ameaçava enteada, denuncia jovem - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Conheça a UNIASSELVI – Graduação e pós-graduação presencial e EAD

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Homem que incendiou casa com a família dentro estuprava e ameaçava enteada, denuncia jovem

A mulher de 44 anos que foi queimada pelo marido dentro da residência já sofria ameaças antes do ocorrido. A filha mais velha da vítima, Rafaela Barros, de 25 anos, já desconfiava da conduta do padrasto, mas não imaginava que ele fosse capaz de fazer aquilo.

“Eu sempre tive um ‘pé atrás’ com o relacionamento da minha mãe com ele. Eu sempre fiquei desconfiada”, afirma Rafaela, em entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Com a mãe hospitalizada no Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza, Rafaela ficou responsável por cuidar das suas duas irmãs mais novas – uma adolescente de 13 anos e uma criança de seis anos, filha do casal.

De acordo com Rafaela, a irmã mais nova contou que, durante as brigas entre o casal, o pai jogava itens inflamáveis e ameaçava assassinar a esposa queimada e também as filhas. Além disso, a criança revelou a irmã que Paulo, o homem que ateou fogo na residência, havia dito que não ia matá-la queimada, mas com golpes de faca.

“Ele cortou o “osso mole” da orelha dela. Ela disse que ele falava assim: ‘Papai não vai te matar com fogo. Papai vai te matar com faca'”, disse Rafaela, em entrevista ao Barra Pesada.

A adolescente de 13 anos foi abusada sexualmente quando foi morar com a mãe e o padrasto aos seis anos. De acordo com Rafaela, que escutou o relato da irmã, o homem ameaçava a enteada de matá-la com uma faca durante a madrugada caso dissesse a alguém sobre os abusos.

“Ele (Paulo) ameaçava a minha irmã com uma faca de madrugada enquanto pegava nas partes íntimas”, contou.

Caso

Um homem identificado como Paulo é suspeito de atear fogo na casa em que morava com a família no bairro Dias Macedo, em Fortaleza. Sua esposa, a enteada de 13 anos e uma criança de seis, filha do casal, conseguiram escapar do crime.

Entretanto, a mulher de 44 anos se encontra em estado grave com queimaduras de 3º grau e segue hospitalizada no Centro de Tratamento de Queimados do Instituto Doutor José Frota (IJF).

De acordo com Rafaela, a mulher não tem mais pele e está com 70% do seu corpo queimado. O suspeito tentou tirar a própria vida com um facão e segue também hospitalizado com escolta policial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!