ELIEU LIMA: “A CAPTURA DE LÁZARO E SUA MORTE, ATO DE BRAVURA E EFICÁCIA DA SEGURANÇA PÚBLICA OU INCOMPETÊNCIA, INTERESSES E MANIPULAÇÕES POLITICAS SOCIOECONÔMICAS DE GRUPOS”. - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Economia

Anuncie aqui!!!

Legnas Criações

segunda-feira, 5 de julho de 2021

ELIEU LIMA: “A CAPTURA DE LÁZARO E SUA MORTE, ATO DE BRAVURA E EFICÁCIA DA SEGURANÇA PÚBLICA OU INCOMPETÊNCIA, INTERESSES E MANIPULAÇÕES POLITICAS SOCIOECONÔMICAS DE GRUPOS”.

📷Foto: Reprodução


Inicialmente vamos citar um versículo dando entendimento. “O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre”. (1 João 2:17). É muito complexo o assunto. Se houve a oportunidade da prisão de Lázaro, sendo assim, não justificava sua morte. Ele deveria pagar em vida pelos crimes cometidos de acordo com as normas jurídicas. As normas jurídicas são criadas a partir das ações errôneas do homem em sociedade, que venha contrariar, ceifar ou afrontar direitos de terceiros.  Numa sociedade capitalista, onde os interesses diversos falam mais alto. Talvez o sistema quisesse dar uma satisfação à sociedade sobre o caso e talvez tenha havido ou não certa especulação e exagero no momento da prisão na tentativa de tirar a atenção e foco do assunto de maior importância para a sociedade que é a saúde pública e não foi feito em tempo, onde milhares de pessoas perderam suas vidas. O fato é que normalmente a corda quebra no lado mais fraco. É muito complexo as pessoas falarem de Deus nos templos e igrejas de diversos credos religiosos e em alguns momentos atípicos, expressam a fé de forma distorcida do verdadeiro evangelho pregado e constante na Bíblia. Às vezes certos comportamentos expressam o verdadeiro desprezo pela palavra de Deus. Ninguém é dono da verdade.  O fato é que muitas vezes a verdade é expressa e tomada forma e concepção de acordo com a posição diante do caso concreto e do contexto em que nós nos posicionamos, ou seja, cada individuo por natureza tem sua concepção de sua verdade, mesmo que esta seja correta ou não. O que foi posto como uma vitória ceifar uma vida. Não é o caminho da justiça. Um erro não justifica outro erro. Na verdade não se sabe como aconteceu e qual circunstância se foi dado o direito e oportunidade da entrega "rendimento" de Lázaro. Às vezes nos parece que o uso da palavra de Deus é utilizada como meio para fins de interesses econômicos individuais de grupos. É um assunto complexo e de difícil conclusão racional, ou seja, não tem uma definição justificável e fundamentada para uma execução de qualquer ser humano. Envolvem critérios de entendimentos pessoais, individual, formação espiritual, intelectual, caráter e princípios cristãos, prática dos princípios do direito à vida.  Em fim, o entendimento mais coerente e racional é que existe um criador e coordenador de nossas vidas que cobra no tempo devido os nossos erros cometidos. É necessária sabedoria divina para entender que viver é uma arte. A sociedade está a cada dia contaminada de interesses individualistas de grupos em defesa de interesses próprios. Sendo o único caminho certo é a aproximação do homem com as coisas de Deus, iniciando dentro do âmbito familiar na criação dos filhos, a prática do temor e obediência, para minimizar os nossos sofrimentos que fazem parte da purificação da alma e do espírito. O perdão deverá ser praticado sempre, mas a conversão do homem poderá ser definitiva ou não. Motivo o homem é tendente a ser ruim segundo Thomas Robbes. Não existem garantias de conversão espiritual e de comportamento eterno. A maioria das conversões são duradouras e duram a vida toda.   No entanto existe sim vida eterna espiritual para quem tem esse entendimento e concepção. Artigo com base experiência de vida, empirismo,  conhecimentos da sabedoria de Deus e de conhecimentos técnicos e científicos. Objetivo minimizar as dificuldades, conflitos sociais entre as pessoas, e empresas.  Podendo artigo ser compartilhado em todas as mídias para beneficiar pessoas e empresas em dificuldades e na iminência de falência, e de fortalecer mais, as que já estão em bom nível de satisfação. Deus nos permaneça nesse pensamento cultivar a esperança nos corações das pessoas, visando o bem estar das famílias e de empresas.      



Artigo de autoria do Antônio Elieu Lima de Sousa, graduado em Ciências Contábeis, graduando em Direito. Especialialista em contabilidade, gestão empresarial, gestão tributária, gestão administrativa e especialista em reestruturação empresarial. Sócio fundador da SETEC - SERVICOS TÉCNICOS & CONTÁBEIS LTDA, Há 35 anos no mercado de contabilidade, dentre as mais renomadas empresas do ramo de contabilidade do Estado do Ceará. Sede própria em Pentecoste e atual no Vale do Curu, Vale do Acaraú, Pentecoste, São Luís do Curu, Paraípaba, Paracuru, São Gonçalo do Amarante, Caucaia, Fortaleza, Maracanaú, Pindoretama, Caridade, Cariré e em outras unidades da Federação. Nesse momento de pandemia e de grandes dificuldades financeiras, dando ênfase na reestruturação empresarial.

Veja o vídeo da Setec:

2 comentários:

  1. Muito bom o texto. Mesmo sem o intuito do autor ser o debate acerca do assunto, eu concordo totalmente com ele.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto. Mesmo sem o intuito do autor ser o debate acerca do assunto, eu concordo totalmente com ele.

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!