Vereadora eleita suspeita de participar de chacina com 7 mortos é presa em Fortaleza - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sábado, 19 de dezembro de 2020

Vereadora eleita suspeita de participar de chacina com 7 mortos é presa em Fortaleza

 


A Polícia Civil prendeu, na manhã desta sexta-feira (18), a vereadora eleita Edivanda de Azevedo, de 45 anos, investigada por participação nas sete mortes ocorridas em 26 de novembro no município cearense de Ibaretama. Edivanda foi eleita para a Câmara Municipal da cidade onde ocorreu a chacina nas eleições deste ano. Ela foi presa na casa de parentes no Bairro de Fátima, em Fortaleza.

Segundo a Polícia Civil, o mandado de prisão preventiva foi cumprido após investigações da Delegacia Regional de Quixadá, que indiciou seis pessoas pela chacina. Além da vereadora, foram presos os dois filhos dela. Três pessoas que foram indiciadas por suspeita de envolvimento do crime ainda estão foragidas.

De acordo com a Polícia Civil, a chacina foi provocada por disputas de organizações criminosas no território.

Investigação
As investigações apontam a atuação da vereadora de auxiliar os executores, ou seja, ela teria dado apoio logístico e material para que o crime ocorresse. Os dois filhos dela também teriam contribuído com a ação criminosa, repassando informações dos alvos, bem como dando assistência aos executores nos momentos que antecederam as mortes e após o crime.

Os alvos da ação criminosa eram pessoas supostamente envolvidas em crimes no município e integrantes de uma organização criminosa, conforme provas levantadas pelos agentes da Polícia Civil.

O crime ocorreu no dia 26 de novembro, quando homens armados invadiram uma casa e assassinaram sete pessoas, incluindo uma criança de 7 anos. De acordo com a Polícia Civil, a chacina foi provocada por disputas de organizações criminosas.

Na apuração realizada pela Delegacia Regional de Quixadá, os investigadores chegaram à conclusão de que, ainda na data das prisões dos dois suspeitos (27 de novembro), um roteador de internet apreendido era utilizado na casa de um dos irmãos pelo grupo criminoso.


G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!