Após votação, TSE nega registro de prefeita eleita em Caridade e município terá nova eleição - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sábado, 19 de dezembro de 2020

Após votação, TSE nega registro de prefeita eleita em Caridade e município terá nova eleição

 


O plenário virtual do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília, manteve por 7 votos a 0, nesta sexta-feira (18), em votação remota, o indeferimento de candidatura da prefeita eleita em Caridade/CE, Simone Tavares (PDT).

A candidata teve o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), no dia 18 de novembro e cinco dias depois o TRE negou o acordão, mantendo o indeferimento. A defesa recorreu ao TSE que concluiu a votação hoje. Em parecer, o vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Góes, recomendou ao TSE a manutenção do indeferimento do registro de candidatura.

De relatoria do ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, os ministros decidiram por unanimidade seguir o voto do relator e negar o registro de candidatura de Simone Tavares, considerando a candidata inelegível com base na Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº 64/90). Com isso, os votos foram anulados e o município terá nova eleição, com data ainda a ser definida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.

O presidente da Câmara deve assumir o cargo no dia 1 de janeiro, até o novo prefeito (a) que será eleito tomar posse.

Simone foi eleita com 7.219 votos (52,51%), o segundo colocado João Xerez, que foi o autor do pedido de impugnação da candidatura de Simone, teve 6.528 votos (47,49%).


Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!