Preço de um mesmo alimento varia 436% entre supermercados no Ceará; Saiba como economizar - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Preço de um mesmo alimento varia 436% entre supermercados no Ceará; Saiba como economizar


 

Levantamento feito pelo Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) em 10 redes de supermercados em Fortaleza mostrou uma variação de preço de cerca de 436% para um mesmo produto. A maior alta foi registrada no quilo no pimentão que em um mercado custava R$1,49 (menor preço encontrado), enquanto em uma outra rede de supermercado estava sendo vendido a R$ 7,99 o kg.

O estudo analisa os preços cobrados para 60 itens, entre alimentos e produtos de higiene pessoal, infantil e do lar, considerados pelo Procon como sendo de “primeira necessidade” e indispensáveis à sobrevivência das famílias que vivem na Capital.

Além do pimentão, outros legumes, verduras e frutas ocupam os primeiros lugares no ranking de itens com maior variação de preço nas prateleiras dos diversos supermercados da Capital. O quilograma da cebola registou uma diferença de até 334%, custando de R$ 1,38 a R$ 5,99. Dos 60 produtos pesquisados, 14 apresentaram uma variação acima de 100% no valor cobrando a depender da rede de supermercado e também da localidade na qual estava sendo vendido.

Apesar da grande discrepância constatada pelo levantamento divulgado nesta terça-feira, 13, o levantamento é apenas “consultivo”, segundo destacou o Procon. A diretora da entidade, Cláudia Santos, pontuou que o principal objetivo do levantamento é ajudar o consumidor a economizar.

Dicas do PROCON para economizar

● Verifique as datas de promoções e dias de ofertas;

 Analise os encartes distribuídos como sendo de produtos promocionais e exija os mesmos preços nos caixas. Se houver divergência, o consumidor tem o direito de pagar sempre o menor valor;

 Faça uma lista dos produtos que realmente precisa comprar;

 Evite realizar as compras com fome ou acompanhado de crianças;

Pesquise preços e verifique a melhor forma de pagamento e descontos nos pagamento à vista, em dinheiro e no cartão de crédito;

 Confira a data de validade dos produtos;

 Nem sempre o produto com tarja vermelha é o mais barato. Procure a categoria do item exposto como promocional e escolha um produto que seja mais em conta.

 Na entrada de lojas e supermercados, por exemplo, normalmente são colocados produtos que induzam o consumidor à compra. Portanto, evite-os.



O POVO Online


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!