Lista de candidatos infectados após início da campanha aumenta pelas capitais do Brasil - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

terça-feira, 6 de outubro de 2020

Lista de candidatos infectados após início da campanha aumenta pelas capitais do Brasil


 

A segunda semana de campanha eleitoral começa com o aumento da lista de candidatos infectados pelo novo coronavírus. O anúncio de que Sarto Nogueira, candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, testou positivo para a Covid-19 se soma ao de outros postulantes que também se contaminaram em outros estados. A multiplicação de contágios entre os políticos cria incertezas sobre o impacto da pausa nos atos presenciais de campanha no desempenho desses candidatos nas urnas.

Em Teresina, capital do Piauí,  o candidato a prefeito Fábio Abreu (PL) testou positivo para a Covid e está em isolamento social. Ele apresenta sintomas semelhantes aos de uma gripe, a exemplo de Sarto Nogueira. A capital piauiense tem 13 candidatos disputando a Prefeitura.

Em São Luís, capital do Maranhão,  o candidato a prefeito Rubens Pereira Jr. (PCdoB) também contraiu o novo coronavírus e teve de suspender sua agenda de campanha por tempo indeterminado, já que ele iniciou uma quarentena. Na capital maranhense, há 12 candidatos a prefeito.

Há também prefeituráveis redobrando os cuidados e evitando o corpo a corpo com eleitores, em meio ao temor de uma contaminação pelo novo coronavírus.

Em Belo Horizonte, onde há 16 candidatos a gestor municipal, o atual prefeito, Alexandre Kalil, do PSD, tenta a reeleição e afirmou, nesta segunda-feira, que não vai fazer campanha de rua por causa da pandemia. Ele está em situação confortável liderando as pesquisas de intenção de voto com 58%. A capital mineira é o 3º maior colégio eleitoral do Brasil, com mais de 1,9 milhão de eleitores. 

A eleição municipal foi adiada de outubro para 15 de novembro por causa da pandemia. Só que as campanhas começaram com o registro de diversas aglomerações provocadas por atos de campanha.

Caso uma cidade brasileira sofra um aumento descontrolado de contágios, a Justiça eleitoral poderá avaliar se o pleito neste município será realizado mesmo no dia 15 de novembro.


Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!