Candidata de Apuiarés rejeita termos de acordo contra aglomerações - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Candidata de Apuiarés rejeita termos de acordo contra aglomerações


 

O Ministério Público e a Justiça Eleitoral firmaram acordo com as coligações e chapas das candidaturas que estão concorrendo aos cargos de prefeito dos municípios de General Sampaio e Pentecoste, com o propósito de evitar a disseminação de coronavírus durante a realização das manifestações partidárias. 


Enquanto a região do Vale do Curu sofre com a segunda onda de contágio de covid-19, o município de Apuiarés, por outro lado, deixou de firmar os mesmos termos ajustados nas outras duas cidades.


Conforme um levantamento feito pela redação do blog Notícias de Pentecoste, do total de dez candidatos a prefeito dos três municípios, a candidata Ana Rufino (PSB) foi a única a se opor aos termos do acordo. Não se sabe ao certo o motivo da objeção, mas já tem gente comentando em Apuiarés que a candidata fez isso por acreditar que o cumprimento do distanciamento social e dos protocolos sanitários possa enfraquecer a campanha e imagem dela.


Sem o acordo, os políticos de Apuiarés poderão realizar caminhadas, carreatas, adesivaços e reuniões na zona rural, sem um número mínimo de participantes, diferentemente de General Sampaio e Pentecoste, com a possibilidade de criar aglomerações de pessoas, causando riscos à população, podendo propagar um novo surto de coronavírus, já que os números de contaminados na região permanecem subindo.


O termo pactuado regulamenta, ainda, os meios físicos de propaganda eleitoral e veda a queima de fogos de artifícios, com a finalidade de preservar o sossego público, e também é válido para os demais candidatos que fazem parte dos partidos/coligações que assinaram o acordo por meio de seus representantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!