Três são presos após perseguição policial com troca de tiros na Grande Fortaleza - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Três são presos após perseguição policial com troca de tiros na Grande Fortaleza

Polícia não descarta a possibilidade de o trio preso fazer parte da quadrilha que matou aplicativo Alexandre Fernandes

Por G1 CE


Agente de segurança conseguiu efetuar um disparo no pneu traseiro do carro dos suspeitos que parou na rua. — Foto: Brenda Albuquerque/Sistema Verdes Mares

Três homens foram presos, no início da manhã desta terça-feira (25), no município do Eusébio, na Grande Fortaleza após troca de tiros com a polícia. Foi durante uma perseguição que começou no Bairro Pedras, na Capital.

Segundo a Polícia Militar, cinco suspeitos estavam armados e praticavam assaltos na Rua Jorge Figueredo, no Bairro Pedras. Três homens estavam em um carro preto tomado há um mês de assalto e outros dois em uma motocicleta. Ainda de acordo com a polícia, equipes de patrulhamento receberam a ocorrência e viaturas foram encaminhadas ao local.

A polícia afirmou que, em meio à perseguição, já no Eusébio, houve troca de tiros. Um policial militar conseguiu efetuar um tiro no pneu traseiro do automóvel dos suspeitos que parou em uma via. A dupla que estava na moto abandonou o veículo e conseguiu fugir. Foi realizado o cerco policial e o trio foi preso. O carro roubado como também a moto foram recuperados pela PM e os pertences das pessoas assaltadas pelo grupo. Um revólver de calibre 38 e quatro munições foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia Municipal do Eusébio.

Quadrilha com extensa ficha criminal

Segundo o tenente Falcão da 1ª Companhia do 16º Batalhão da Polícia Militar, o grupo faz muito tempo que atua na região praticando vários assaltos. “Eles agem a bastante tempo naquela região. Possuem uma extensa ficha criminal por roubo, receptação, porte ilegal de arma de fogo, organização criminosa dentre outros crimes”.

Ainda segundo Falcão, a polícia não descarta a possibilidade de o trio preso fazer parte da quadrilha que participou do assassinato do motorista de aplicativo Alexandre Fernandes, encontrado morto na noite do último dia 12 de agosto, na BR-116, dois dias depois de desaparecer após uma corrida em Fortaleza.

“Eles moram no mesmo bairro, na mesma localidade dos indivíduos que foram presos por conta da participação na morte do motorista de aplicativo. Que leva a crer que haja alguma ligação entre eles, pertence ao mesmo grupo criminoso. Porém, isso vai ficar a cargo da Polícia Civil que vai continuar com as investigações”.
Moto apreendida pela polícia durante a perseguição policial. — Foto: Brenda Albuquerque/Sistema Verdes Mares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!