Alvo de denúncias, presidente do Banco do Nordeste é destituído um dia após assumir o cargo - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 3 de junho de 2020

Alvo de denúncias, presidente do Banco do Nordeste é destituído um dia após assumir o cargo


A gestão dele na Casa da Moeda está na mira do Tribunal de Contas da União por contratações suspeitas

O novo gestor não resistiu à primeira denúncia ainda da administração na Casa da Moeda
Foto: Fabiane de Paula

Um dia após ser apresentado como novo presidente do Banco do Nordeste, Alexande Borges Cabral foi destituído do cargo. O Conselho de Administração do Banco se reuniu e já tem a confirmação da saída do presidente recém-empossado, confirmou a esta coluna uma fonte da Instituição.

Alexandre tomou posse ontem como novo chefe do Banco já tendo que se explicar por ser uma indicação dos partidos do chamado 'Centrão': PL e PTB. Ele negou a influência política e disse que sua indicação era "técnica".

Após denúncias de contratações suspeitas feitas pela Casa da Moeda do Brasil (CMB), na gestão dele, no valor de R$ 2,2 bilhões, veio a confirmação de sua destituição do cargo, confirmando que a indicação não foi tão técnica assim. As irregularidades foram apuradas pelo Tribunal de Contas da União. 

O Conselho de Administração do Banco se reuniu nesta quarta-feira (3) para tratar do assunto. Ainda é aguardada a definição sobre um presidente interino. O BNB já comunicou a decisão à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que vai soltar um "comunicado ao mercado" sobre a saída ainda hoje.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!