Compras para enfrentar pandemia superam R$ 300 mi - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Compras para enfrentar pandemia superam R$ 300 mi


Foto: Helene Santos


Questionado sobre quanto o combate à pandemia do novo coronavírus já custou aos cofres públicos estaduais, Santana apontou que o montante ainda não pode ser calculado, uma vez que há gastos diários. Ele ressaltou que todas as compras feitas pelo Estado estão disponíveis para consulta no Portal da Transparência e no IntegraSUS.

Segundo o governador, já são quase 300 milhões de compras.

O Estado do Ceará registrou 261 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h, entre as atualizações das 17h38 de quarta-feira (20) e 18h17 desta quinta-feira (21) da plataforma IntegraSUS, gerida pela Secretaria de Saúde do Ceará. Apesar de contabilizadas agora, as mortes podem ter ocorrido em outras datas. Segundo a Pasta, já são 2.161 mortes e 31.413 casos confirmados de contaminação desde o início da pandemia.

Na última terça-feira (19), foi comunicado no Diário Oficial da União (DOU) financiamento do Estado com o Banco do Brasil no valor de R$ 800 milhões para negociar a dívida pública estadual entre 2020 e 2022.

Conforme o chefe do Executivo cearense, a operação já estava sendo pleiteada antes da crise do novo coronavírus.

"Esse não é o primeiro e vai permitir alongar o pagamento da dívida do Estado", esclareceu.

Camilo afirmou ainda que os balanços são realizados trimestralmente e que ainda não possui o relatório oficial. "A gente tem feito um esforço muito grande para manter o Estado com suas contas em dia, para pagar nossos fornecedores, pagar servidores e, principalmente, garantir os investimentos, que têm sido feitos quase que integralmente na área da saúde", destacou.

O governador revelou que o Ceará recebeu poucos recursos federais para bancar a ampliação de leitos para o atendimento a pacientes com Covid-19, para a compra de equipamentos e insumos, bem como para garantir equipe médica. "Praticamente quem está bancando tudo tem sido o governo do Estado. A nossa preocupação é focar na saúde e manter os serviços essenciais e o pagamento em dia dos nossos servidores", concluiu.




Diário do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!