Pico de infecções por coronavírus no Ceará pode chegar a 10 mil casos, estima secretário da Saúde - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

terça-feira, 17 de março de 2020

Pico de infecções por coronavírus no Ceará pode chegar a 10 mil casos, estima secretário da Saúde


O secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, afirmou nesta terça-feira (17) que o pico do coronavírus no estado entre os meses de abril e maio pode chegar a 10 mil casos. Nove casos foram confirmados no Ceará e novas medidas de combate foram anunciadas nesta segunda-feira.

“É difícil você especular. Pois esse vírus tem uma característica diferente. Em geral, temos 100 mil casos de gripe no Estado do Ceará por ano. Se a gente acreditar que vamos ter 10% de coronavírus a gente vai tá falando de 10 mil casos. É uma expectativa apenas. É preciso está preparado para um cenário pior para que a gente possa receber principalmente os doentes graves”, afirmou.

Dr. Cabeto ressalta que é importante a população saber se faz parte do grupo de risco. Segundo o secretário, saber quem corre risco é fundamental.

“Então, você saber se tem doença autoimune, se você tem doença que reduz a sua imunidade, se você tem mais de 80 anos de idade, se você tem mais de 60 anos, se tem essas doenças você deve ficar mais atento”, disse.

O secretário disse que haverá implantação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) extras para que sejam utilizados nos atendimentos mais complexos.

“Existe uma característica no Estado do Ceará, que o déficit de leitos que é realmente grande, mas principalmente na Região Metropolitana. Quando você vai para o interior, nós temos hospitais regionais em que vamos gerar 200 leitos extras somente para atendimentos complexos e vamos conversar hoje com os prefeitos sobre os hospitais polos. Temos ainda capacidade ociosa nos hospitais polos. Vamos estruturar esses hospitais. Esses hospitais polos podem colaborar com esse momento de crise”.

Nove casos confirmados

O Ceará tem agora nove casos confirmados do novo coronavírus, conforme atualização da Secretaria da Saúde (Sesa) feita na tarde desta segunda-feira (16). Outros 62 casos estão sob investigação, e 99 já foram descartados.

Dos pacientes diagnosticados com o vírus, oito estão em Fortaleza, enquanto um é do município de Aquiraz, na Região Metropolitana.

Anúncio de medidas

Ainda na tarde desta segunda-feira, o governador Camilo Santana (PT) anunciou decreto de estado de emergência em saúde pública. Além disso, definiu junto ao comitê formado para conter o avanço da doença diversas medidas a serem adotadas nos próximos dias, dentre elas:

Suspensão de aulas nas escolas e universidades públicas por 15 dias a partir de quarta-feira (18);

Suspensão de eventos públicos com a participação de mais de 100 pessoas;
Suspensão de visitas nas unidades prisionais;

Suspensão das férias de todos os servidores de saúde do estado do Ceará;

Obrigatoriedade de higienização diária dos meios de transporte públicos na capital e interestaduais.

Envio de ofício para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e à Anvisa solicitando suspensão de voos internacionais para o Ceará.

No novo balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda (16), o Brasil tem 234 casos confirmados da doença. Além disso, 2.064 casos são suspeitos e 1.624 foram descartados. Os números do Ceará não estão neste balanço.

Casos no país

São Paulo é o estado com o maior número de casos confirmados, com 136. Isso representa 68% de todos os casos no país. O Rio de Janeiro é o segundo estado com mais casos, com 24. O estado de São Paulo registrou o primeiro caso de morte por coronavírus

Dicas de Prevenção

Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;

Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

Não compartilhar objetos de uso pessoal;

Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;

Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;

Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;

Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.

Fonte: G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!