Idosa morre quatro dias após afogamento em enchente no Ceará - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

segunda-feira, 30 de março de 2020

Idosa morre quatro dias após afogamento em enchente no Ceará

Após ingerir muita água, a senhora de 80 anos de idade desenvolveu um quadro de pneumonia por aspiração. A enchente também deixou 500 famílias desabrigadas.

Imagens mostram como ficou a cidade após as chuvas

Uma idosa de 80 anos que se afogou durante uma forte chuva na quarta-feira (25) no município de Hidrolândia faleceu neste domingo (29), após quatro dias internada em hospital. Conhecida como dona Mocinha, a senhora apresentou um quadro de pneumonia por aspiração após ingerir muita água.


De acordo com familiares, ela tinha a saúde debilitada, apresentava problemas de locomoção e utilizava cadeira de rodas. No dia da enchente, a idosa teve dificuldade de ser resgatada. Após se afogar, foi levada ao Hospital Maternidade Luiz Gonzaga da Fonseca Mota, mas não resistiu à pneumonia. Seu corpo foi sepultado nesta segunda-feira (30), pela manhã.

Outras cinco pessoas também se afogaram após a enchente do rio Batoque. Todas foram socorridas. Um homem, em estado grave, foi levado à Santa Casa do município de Sobral e já recebeu alta.

Casas destruídas e famílias desalojadas


Chuva deixa 500 famílias desabrigadas em Hidrolândia, no Ceará — Foto: Mateus Ferreira/SVM


A enchente também deixou, pelo menos, 500 famílias ficaram desabrigadas e 14 casas destruídas, segundo a Defesa Civil do município. Os bairros Progresso e Vilas Freitas foram os mais afetados pela cheia do rio Batoque. Cerca de 100 famílias estão alojadas na Escola Olcino Pereira de Sousa.

Após sobrevoar o município, o Corpo de Bombeiros identificou que o rompimento de sete reservatórios na zona rural ocasionou a enchente. Conforme relatório da Secretaria de Ação Social de Hidrolândia, as barragens Valdemir, Orlando, Jardel, Gerardo Bastos, Olho D'água, Ipueiras e Pedro Peres não suportaram o volume da água e cederam após uma chuva de 53 milímetros.

Por Mateus Ferreira e Antonio Rodrigues, G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!