CGD apura conduta de policiais militares envolvidos na morte de jovem de 21 anos - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

CGD apura conduta de policiais militares envolvidos na morte de jovem de 21 anos

Jardeson Rodrigues Martins morreu durante abordagem de policiais militares - Arquivo Pessoal
A morte de Jardeson Rodrigues, de 21 anos, permanece a repercutir. Nesta segunda-feira (17), a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) informou ter determinado a instauração de investigação preliminar para apurar o fato na esfera administrativa. Segundo a CGD, a apuração está em andamento e as investigações possuem "caráter reservado".

Jardeson foi morto durante uma intervenção policial, na última quinta-feira (13), no bairro Padre Andrade. Ainda nesta segunda-feira, conforme apurado pelo Sistema Verdes Mares, familiares do jovem e testemunhas que teriam presenciado a abordagem de policiais militares, foram encaminhados ao 7º Distrito Policial, no Pirambu, para prestar depoimentos acerca do caso.

Gilson Martins, pai da vítima, afirma que os policiais agiram de forma truculenta e pede por Justiça: “Ele correu porque já chegaram de forma truculenta. Eu também teria corrido. Quem ia esperar por bala? Foi uma grande covardia que fizeram com ele. Estão dizendo que ele tem uma longa ficha criminal. É mentira. Ele foi preso, sim, mas por apenas por seis dias, por um roubo que não foi provado e respondeu por desacato quando ele contestou uma abordagem violenta de policiais que agrediram a avó dele no aniversário dele, por conta de um som alto", disse.

Na versão da Polícia Militar, a Corporação foi acionada via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) para atender uma ocorrência acerca de pessoas armadas nas redondezas da Areninha da Lagoa do Urubu. Ao avistar a viatura, Jardeson, com antecedentes criminais por roubo e desacato, teria corrido com a mão na cintura e demonstrando atitude suspeita.

A PMCE afirma que houve tentativa de abordagem contra o jovem, mas ele teria se evadido e, mais à frente, efetuado disparos de arma de fogo em direção aos policiais, que revidaram a agressão. Ainda conforme a PMCE, o suspeito foi socorrido até a UPA e a arma apreendida com ele foi apresentada ao 7º Distrito Policial, onde o caso é investigado.

O Sistema Verdes Mares teve acesso ao vídeo que mostra o instante exato do disparo contra Jardeson Rodrigues. Nas imagens é possível perceber que a vítima é atingida enquanto estava de costas. Após cair, Jardeson é retirado do local pelos policiais militares. No vídeo não é mostrada nenhuma arma de fogo em posse do jovem.

Um morador da região, que não quis se identificar, informou que ouviu um tiroteio e o comando dos policiais que estiveram na abordagem. “Eu ouvi quatro tiros. Eles passaram correndo, falando 'está ali ele, está ali ele'. Aí, houve mais um tiro, e eles disseram: ‘Está no chão.’ Depois eles levaram ele pra UPA. O último tiro executou ele, de costas. Falaram que ele reagiu. Como ele reagiu e levou um tiro na nuca? As únicas armas que ele tinha na mão eram dois salgados,” questionou a testemunha.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!