Mãe que abandonou recém-nascida dentro de sacola plástica no interior do Ceará é identificada pela Polícia Civil e MPCE - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Mãe que abandonou recém-nascida dentro de sacola plástica no interior do Ceará é identificada pela Polícia Civil e MPCE

Criança foi encontrada com cordão umbilical e placenta em um terreno abandonado no município de Quiterianópolis

Recém-nascida é encontrada dentro de sacola em terreno abandonado no Ceará. — Foto: Lorena Tavares/ SVM


A Polícia Civil e o Ministério Público do Ceará (MPCE) identificaram, nesta quinta-feira (12), a mãe da bebê recém-nascida que foi encontrada dentro de uma sacola plástica em um terreno abandonado, no município de Quiterianópolis, a 410 km de Fortaleza. Trata-se de uma jovem de 18 anos que escondeu a gravidez dos pais. As duas, mãe e filha, estão hospitalizadas.

Segundo informou a conselheira tutelar Fabiana Soares, uma idosa que mora em uma residência ao lado do terreno acordou com o choro da bebê e encontrou a recém-nascida perto do muro, dentro da sacola. A bebê ainda estava com cordão umbilical e placenta, de acordo com a conselheira.

O promotor de Justiça auxiliar de Crateús, José Haroldo dos Santos Silva Júnior, que responde pela comarca de Quiterianópolis, disse que os pais da jovem procuraram o MPCE nesta quinta-feira para confirmar que a criança recém-nascida é neta deles. Os dois ainda alegaram que não sabiam que a filha deles estava grávida e que escondeu a gravidez, acreditam eles, por medo.

Medida protetiva à recém-nascida

O MPCE informou por meio de nota que, a 6ª Promotoria de Justiça de Crateús entrou com uma ação solicitando uma medida protetiva para a recém-nascida acolhida no Abrigo Aconchego, em Crateús, tendo em vista que a criança poderia receber alta do Hospital São Lucas, onde está internada. Segundo o órgão, foi requisitada a instauração de um inquérito policial visando a apuração do fato delituoso, enquadrado como abandono de incapaz.

O MPCE afirmou também pediu ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e ao Conselho Tutelar que o caso fosse investigado a fim de verificar se a família tem condições de acolher a criança e também acompanhar esse processo. Segundo o Ministério Público, o intuito é dar preferência à família natural e à proteção integral da criança.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informou que a Delegacia Municipal de Quiterianópolis identificou a mãe da recém-nascida encontrada, no último domingo (8), no interior de uma propriedade.

As investigações seguem em andamento para descobrir as circunstâncias do fato.

Internação

O promotor afirmou que tanto a jovem como a recém-nascida ainda se encontram hospitalizadas. José Haroldo não soube repassar o estado de saúde da bebê. Sobre a mãe, o promotor afirmou que a jovem deve receber alta médica no início da próxima semana e será encaminhada até a Delegacia Civil de Quiterianópolis (14ª Região), onde prestará depoimento.


Por G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!