Com mais um caso de sarampo confirmado no Ceará, Sesa reforça que melhor prevenção é a vacinação - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Com mais um caso de sarampo confirmado no Ceará, Sesa reforça que melhor prevenção é a vacinação

Crianças de seis meses até 5 anos são o foco da vacinação contra o sarampo (Foto: Priscila Smiths/especial para o povo)
Mais um caso de sarampo foi confirmado no Ceará. Com este, somam-se cinco no Estado neste ano. Os quatro casos anteriores foram de "importados" - contraídos em outros estados por pessoas que vieram para o Ceará. O quinto caso ainda segue em investigação para esclarecer se é mais uma situação de importação do vírus ou houve contaminação dentro do Ceará.

Em entrevista ao O POVO, Ana Rita Cardoso, supervisora do Núcleo de Imunizações do Ceará, esclareceu que os cuidados com a doença devem continuar os mesmos. "É importante ter em mente a importância da vacinação. O foco são as crianças menores de 5 anos, que são o principal grupo de risco", esclarece Ana Rita.

Conforme a supervisora, a inclusão das crianças nesta classificação de risco se dá pela quantidade de casos. "As crianças são as que mais adoecem, os casos que mais facilmente podem se agravar e chegar a óbito, além das sequelas. Sarampo é grave, principalmente em crianças pequenas. Vacinar é proteger", reforçou.

Além disso, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) espera que a população já esteja vacinada, já que a vacina do sarampo está na rotina do Ministério da Saúde desde a década 1970. "Houve uma vacinação muito extensa desde a última epidemia. Mais de 3 milhões de pessoas foram vacinadas". Nos casos de adultos que não receberam a vacina, a orientação é procurar as unidades de saúde.

"Em um cenário normal, a vacina é indicada até os 49 anos de idade. Em cenário como o atual, com vários casos, os foco é as crianças", explicou Ana Rita.

Segundo ela, deverão acontecer duas campanhas de vacinação contra o sarampo nos próximos meses. A primeira, em outubro, terá o Dia D em um sábado, o dia 19 de outubro, com foco em crianças entre 6 meses e 5 anos. A segunda campanha, voltada para adultos jovens de 20 a 29 anos, acontecerá em novembro e terá Dia D no dia 30 de novembro, também um sábado.
Vacinação

As orientações da Sesa sobre a vacinação são as seguintes:

- Uma dose da vacina tríplice viral para crianças de seis meses a menos de um anos de idade;

- Crianças com 12 meses recebem a 1ª dose; aos 15 meses, recebem a 2ª dose;

- Crianças com mais de 2 anos, jovens adultos até 29 anos, não vacinados anteriormente ou que não têm comprovação vacinal, devem ser feitas duas doses, com intervalo de 30 dias;

- Adultos entre 30 e 49 anos, que não tenham sido vacinados anteriormente, devem tomar uma dose;

- Aqueles que pretendem viajar para locais com incidência da doença devem se vacinar, no mínimo, 15 dias antes da viagem. No total, 17 estados brasileiros encontram-se com surtos ativos de sarampo. São eles: São Paulo (3.807), Rio de Janeiro (19), Pernambuco (15), Santa Catarina (12), Paraná (9), Rio Grande do Sul (7), Distrito Federal (3), Goiás (4), Maranhão (4), Rio Grande do Norte (4), Espírito Santo (1), Bahia (1), Sergipe (1), Mato Grosso do Sul (2), Piauí (2), Minas Gerais (13) e Pará (2).

Sintomas

Os sintomas do sarampo são febre, conjuntivite, coriza, tosse e manchas vermelhas. Caso eles sejam identificados, a orientação é procurar qualquer unidade de saúde. "As equipes estão preparadas para receber esses casos. Aqueles que acreditam estar com a doença, devem procurar imediatamente o atendimento médico. Também devem evitar lugares públicos. Uma única pessoa pode transmitir o vírus do sarampo para outras 17 pessoas não vacinadas", informou Ana Rita Cardoso.

Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!