Operação da polícia recupera carga de medicamentos avaliada em R$ 120 mil - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Operação da polícia recupera carga de medicamentos avaliada em R$ 120 mil

A carga foi roubada na quinta-feira (8) Halisson Ferreira
Uma operação da Polícia Civil apreendeu na madrugada desta sexta-feira (9) uma carga de medicamentos avaliada em R$ 120 mil. Segundo o delegado Rodrigo Araújo, do 24º Distrito Policial, os medicamentos estavam divididos em 340 caixas e foram localizados dentro de um sítio na cidade de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza. A mercadoria, segundo o delegado, estava escondida embaixo de palhas de coqueiro.

Durante a operação três homens foram presos. Os suspeitos que estavam no local, identificados como Francisco Felipe Agostinho da Silva, Cícero Manoel da Silva e Arcendino Ferreira foram presos e encaminhados para o 24º DP, na Pacatuba. Os dois últimos possuem antecedentes criminais por furtos e roubos.

Rodrigo Araújo afirmou para o Sistema Verdes Mares que a carga foi roubada na última quinta-feira (8), depois que o condutor do caminhão que fazia o transporte do material foi rendido por criminosos. Ainda na quinta-feira, o caminhão foi localizado por meio do rastreador no Bairro Pajuçara, em Maracanaú. Porém, os medicamentos haviam sido levados.

Identidade do proprietário do caminhão

Durante as investigações, imagens de câmeras de segurança mostraram um segundo caminhão no local. Através do depoimento de testemunhas, a polícia conseguiu a identidade do proprietário do veículo.

Ao ser localizado, o homem disse para os agentes de segurança que havia sido contratado para fazer o frete do material e entregá-lo em um supermercado. Durante o caminho, os suspeitos ordenaram que o condutor mudasse o trajeto e levasse o material para um sítio. 

Os policiais foram até o local e conseguiram localizar a carga.

Os suspeitos foram autuados por receptação e associação criminosa. A polícia continua as investigações sobre o caso.

Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!