Mulher é submetida a sessão de tortura por integrantes de facção criminosa - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Mulher é submetida a sessão de tortura por integrantes de facção criminosa


As imagens mostram vítima espancada com socos e chutes por três mulheres. Uma das agressoras e o traficante que filmou o crime já foram identificados pela Polícia Militar

Uma mulher que aparece em um vídeo com outras pessoas agredindo uma jovem foi detida nessa terça-feira (23) por uma equipe do Serviço Reservado da 3ª Cia do 22º Batalhão de Polícia Militar (BPM), na Favela do Pau Finim, no bairro Papicu, em Fortaleza. A suspeita das agressões foi ouvida no 9º Distrito Policial, no bairro Vicente Pinzón, e liberada pois não houve flagrante. 


No vídeo de três minutos, que circula pelas redes sociais, três mulheres torturam uma jovem com socos e chutes. Um homem dá ordens de como as agressões devem ocorrer, orientando o grupo a não atingir o rosto da vítima. “Na cara não”, diz homem. Ao som de uma música que exalta uma facção e dos gritos de dor da vítima, o criminoso orienta que as agressões devem durar três minutos e afirma que “isso aqui foi por causa de rocha”, como o crack é conhecido pelos traficantes. 

Após buscas, a polícia conseguiu encontrar uma das mulheres agressoras, que seria integrante de facção criminosa. A identificação ocorreu por meio de uma tatuagem e pela voz. Os agentes de segurança a encontraram em casa. 

Conforme o major Hideraldo Bellini, a suspeita confessou ter participado da sessão de tortura e diz que a mulher apanhou por ter mantido um relacionamento com um homem casado e ter passado informações para uma facção rival. No entanto, o major Bellini afirma que o motivo do espancamento é outro. “Ela (vítima) pegou a droga e não pagou”, explicou.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!