Defesa de médico suspeito por abusos prepara pedido de soltura - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

terça-feira, 23 de julho de 2019

Defesa de médico suspeito por abusos prepara pedido de soltura


Segundo o advogado Leandro Vasques, ainda nesta semana a defesa também irá requerer início de investigação para apurar a autoria do vazamento dos vídeos que mostram Paiva abusando sexualmente das pacientes
O prefeito afastado de Uruburetama se apresentou à Polícia Civil, no fim da semana passadaFOTO: NATINHO RODRIGUES

A defesa do médico e prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson de Paiva, de 70 anos, se prepara para tentar que o homem suspeito de durante anos cometer crimes sexuais contra pacientes, dentro do consultório, seja solto. A previsão é que ainda hoje os advogados de Paiva entrem com pedido de habeas corpus com objetivo de revogar a prisão preventiva decretada pelo Poder Judiciário cearense na última sexta-feira (19).

Em entrevista concedida ao Sistema Verdes Mares, o advogado Leandro Vasques informou que aguarda a chegada de documentos solicitados a serem anexados ao processo para concluir o habeas corpus. A reportagem apurou que dentre os documentos solicitados há laudos médicos com objetivo de comprovar que Hilson tem problemas cardíacos e doença na próstata.


Nesse sábado (20), durante audiência de custódia realizada na Comarca de Itarema, Interior do Ceará, a defesa de Paiva tentou prisão domiciliar para o suspeito com a mesma alegação acerca dos problemas de saúde dele. A Justiça negou e decidiu manter o prefeito em cárcere na Delegacia de Capturas, em Fortaleza, sob ressalva que não haviam documentos comprovando as doenças.

Vasques adiantou que no pedido de soltura irá ressaltar que, mesmo solto, José Hilson de Paiva não tem como interferir nas investigações, porque os fatos investigados aconteceram há anos: "ele não tem como interferir na investigação, até porque os vídeos não tem como ser alterados. Ele vem colaborando com a investigação. A defesa está empenhada em submeter o preso a algumas especialidades médicas para comprovar o estado de saúde dele", destacou o advogado.

Vídeos

Conforme divulgado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), durante fala à Polícia, o médico disse que a prática de filmar pacientes no consultório se tornou um fetiche e depois passou a ser hobby.

A defesa do médico afirmou que ainda nesta semana irá requerer às autoridades policiais de Cruz e Uruburetama instauração de investigação para apurar a autoria do vazamento dos vídeos e subtração do HD que armazenava as imagens divulgadas pela imprensa. Leandro Vasques destacou o HD com as imagens desapareceu da casa de José Hilson há, pelo menos, um ano.

Se for encontrado o responsável pelo vazamento das imagens pode responder criminalmente com base na 'Lei Carolina Dieckmann'. Em dezembro de 2012, foi publicada no Diário Oficial da União esta lei que dispõe sobre a tipificação criminal de delitos informáticos. O nome veio em razão da repercussão do caso que a atriz teve seu computador invadido e arquivos pessoais subtraídos. Dentre os arquivos havia fotos íntimas dela que rapidamente se espalharam na web.

A lei prevê que "invadir dispositivo informático alheio, conectado ou não à rede de computadores, mediante violação indevida de mecanismo de segurança e com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização expressa ou tácita do titular do dispositivo ou instalar vulnerabilidades para obter vantagem ilícita".

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!