Acusado de matar professora a facadas no Crato é condenado a 21 anos de prisão - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Acusado de matar professora a facadas no Crato é condenado a 21 anos de prisão

Professora Cidcleide foi morta pelo ex-companheiro dentro de casa no interior do Ceará — Foto: Reprodução/TVM
Francisco Zilmário Figueiredo, acusado de matar a facadas a ex-companheira e professora Cidcleide Bezerra Campos em setembro de 2018, foi condenado à pena máxima de 21 de prisão, 10 meses e 15 dias por crime de feminicídio. O julgamento ocorreu nesta terça-feira (30), no Fórum do Crato.

A professora de 44 anos foi morta a golpes de faca pelo homem dentro de casa, no Bairro São Miguel, no Crato, após uma discussão entre eles. Vizinhos do casal perceberam a briga e acionaram a polícia.

Policiais militares que atenderam a ocorrência, ao chegarem ao local, localizaram o corpo da vítima no chão da residência. Zilmário também estava na casa, com um ferimento à faca. A polícia informou que o acusado tentou cometer suicídio após matar a ex-mulher.

Familiares da professora e membros de órgãos de defesa da mulher do Crato acompanham o julgamento. Do lado de fora do Fórum foram fixados cartazes com frases em homenagem à professora Cidcleide e pedidos de justiça.

“Está sendo muito difícil. É muito dolorido a gente perder uma irmã e da maneira que foi. Reviver todo dia a mesma coisa, como hoje, como a gente já teve outra auditoria e ouvir o depoimento dele se fazendo de coitado. Espero justiça, apesar de que não trará ela de volta. Só quero que ele pegue pena máxima", disse a irmã da vítima, Cícera Cláudia Bezerra, na ocasião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!