Abidias Ferreira, vice-prefeito de Apuiarés, é preso em “Operação 10%” do MPCE - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Abidias Ferreira, vice-prefeito de Apuiarés, é preso em “Operação 10%” do MPCE

(Foto: Promotor de Justiça Dr. Jairo Pequeno Neto)
Na manhã desta segunda feira, 10, foram presos o vice prefeito do Município de Apuiarés, Antonio Abidias Ferreira de Abreu e o seu ex chefe de gabinete Raimundo Nonato Alves Soares, empresário.

As prisões foram resultado da “Operação 10%” desdobramento da Operação Malabares efetuados pelo Ministério Público do Estado do Ceará por meio da Promotoria de Justiça de Apuiarés coordenada pelo Promotor de Justiça Jairo Pequeno Neto.

Em sede da Operação Malabares, que descortinou um esquema de corrupção envolvendo agentes públicos e empresários no município de Apuiarés, foi colhido o depoimento do empresário Jose Darlan Pereira Barreto. Na oportunidade o depoente apresentou novas informações acerca de um outro esquema de corrupção que estava instalado no município de Apuiarés. O esquema funcionava da seguinte forma: o vice prefeito, exercendo o cargo prefeito interino por 180 dias, exigiu de José Darlan o percentual de 10% do valor do contrato de prestação de serviços de limpeza urbana que o empresário tinha com a prefeitura, ou seja, cerca de R$ 9.000,00 (nove mil reais) por mês. A referida quantia era paga com o intuito de manutenção do contrato. A entrega do dinheiro era feita no município de Fortaleza no restaurante do sogro do empresário, conforme se vê nas imagens abaixo. 

Segundo o Promotor de Justiça Jairo Pequeno Neto, que comandou a operação:“ Quando Abidias não podia buscar as quantias, ele mandava o seu então chefe de gabinete, Raimundo Nonato, vulgo Edmundo, ir ao encontro do empresário em Fortaleza. Nota-se a audácia de Abidias no esquema, pois, mesmo em condições de interino, exercendo o cargo por 180 dias, já estava fortemente envolvido em esquemas de corrupção, angariando propinas”. 

Os mandados de prisões foram expedidos pelo Juiz de Direito Caio Lima Barroso, sendo na modalidade preventiva para Antonio Abidias e temporária para Raimundo Nonato.

O Promotor de Justiça Dr. Jairo Pequeno Neto terminou informando que “O Ministério Público local seguirá com as investigações com o fim de desmontar todo e qualquer esquema de corrupção no âmbito das prefeituras das suas comarcas de atuação”. A seguir, vídeo mostra momento em que Abidias recebe propina:
Notícias de Pentecoste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!