Jovem que filmou e matou o namorado por visualizações no Youtube se declara culpada - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Conheça a UNIASSELVI – Graduação e pós-graduação presencial e EAD

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Jovem que filmou e matou o namorado por visualizações no Youtube se declara culpada

A americana Monalisa Perez, de 20 anos, se declarou culpada por matar o seu namorado, Pedro Ruiz, de 22. O homicídio aconteceu por imprudência do casal, já que eles queriam se tornar famosos no Youtube e ele teve a ideia (segunda ela) de sua namorada atirar nele enquanto ele se protegia com um livro grosso. Eles acreditaram que o livro absorveria o impacto da bala, e ele não sairia ferido.

Ela se declarou culpada e deve cumprir seis meses de prisão, mas a sentença ainda será confirmada pelo juíz de Minnesota no início de 2018. Os promotores estabeleceram que ela vai cumprir três meses de prisão na cadeia, e os outros três em prisão domiciliar vigiada.

Infelizmente, Ruiz morreu na hora, e a tragédia foi gravada com as câmeras GoPro que ele portava. No entanto, o vídeo não foi divulgado.

Ruiz também havia mostrado a Perez outra enciclopédia, acreditando que o livro o protegeria do impacto. Já no Twitter, a jovem colocou "Pedro e eu vamos gravar provavelmente um dos vídeos mais perigosos jamais feitos". O caso lembra bastante o do Chinês que transmitiu ao vivo a própria morte enquanto fazia acrobacias em um arranha-céu.

Parece que brincar com a vida não é o melhor a se fazer em nenhuma circunstância. Uma atitude infantil e imprudente acabou levando a morte de um jovem, e a namorada perdeu também seu amor e, temporariamente, a liberdade. Já imaginou o peso na consciência que ela levará para o resto da vida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!