quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Penúltimo dia para revisão biométrica em Pentecoste, Apuiarés e General Sampaio; fila começa ser formada às 4 da manhã

Faltando apenas dois dias para o fim do prazo da revisão biométrica, que vai até quinta-feira, 30 de novembro, na 50ª Zona Eleitoral do Ceará, que abrange os municípios de Apuiarés, General Sampaio e Pentecoste, com eleitorado de 52.909 pessoas, populares fazem filas na praça do CSU, no bairro Acampamento, para atendimento no Cartório Eleitoral instalado no Fórum Desembargador Eurico Monteiro. A fila desta quarta-feira começou a ser formada por volta das 4:40 da manhã.

Com o cadastramento biométrico, o eleitor passa a se identificar apondo a digital no microterminal da urna eletrônica, não precisando mais aditar a assinatura no Caderno de Votação.

Para fazer o cadastramento, o eleitor deve apresentar documento de identificação oficial com foto, título de eleitor, CPF e comprovante de endereço, para comprovação da área eleitoral.

Durante os trabalhos, são capturadas as impressões digitais dos dedos das mãos do eleitor, colhida a assinatura e capturada uma foto.

Quem não fizer o recadastramento terá o título cancelado. E são muitos os prejuízos para os eleitores em débito com a Justiça Eleitoral. Além de não poder votar nas próximas eleições, ficam impedidos de:

- Requerer passaporte ou carteira de identidade;
- Receber salário e benefícios sociais de entidades públicas ou assistidas pelo governo;
- Fazer parte de concorrência pública ou administrativa em qualquer instituição da União, dos estados, dos municípios ou do Distrito Federal;
- Solicitar empréstimos em qualquer banco ou estabelecimento de crédito subsidiado pelo governo;
- Inscrever-se em concursos públicos ou tomar posse de cargos públicos;
- Renovar matrícula em qualquer instituição de ensino pública ou fiscalizada pelo governo;
- Requerer qualquer documento que necessite da quitação eleitoral.

Notícia falsa espalhada nas redes socias e Whatsapp

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) precisou emitir nota oficial para desmentir informação falta que circula nas redes sociais. Mensagens apócrifas dão conta que quem não fizer o recadastramento biométrico seria cobrada uma taxa no valor de R$ 150 ao eleitor.

Segundo a mensagem divulgada na internet, o prazo seria até o dia 7 de dezembro para evitar cancelamentos de documentos como CPF e carteira de motorista. Segundo o TRE-CE, a legislação eleitoral não prevê, em nenhum momento, o cancelamento de outros documentos a não ser o título de eleitor no caso de o eleitor ficar três eleições consecutivas sem votar ou justificar ou não comparecer ao cadastramento biométrico obrigatório, que serve como uma atualização do cadastro de eleitores.

Ainda assim, caso o eleitor não compareça, ele apenas estará sujeito a uma multa em torno de R$ 3,50. Após comparecer ao posto de atendimento mais próximo e regularizar a situação, o título volta a ficar ativo imediatamente.

Acompanhe o vídeo:
Por André Barros
Editor do Blog Notícias de Pentecoste

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster