quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Apuiarés e São Luis do Curu entre os municipios beneficiados com adutoras pelo Governo do Estado


Governo seleciona empresas para implantar adutoras no Ceará
Ação emergencial

O investimento federal é de R$ 40,17 milhões. O prazo de execução das obras varia de 90 a 180 dias




Foto:AntônioCruz/Agência Brasil

A liberação dos recursos, o acompanhamento e a fiscalização dos empreendimentos são de responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs)
Itens relacionados

A população do Ceará será beneficiada com a ampliação do abastecimento de água em oito municípios. O Ministério da Integração Nacional selecionou, nesta segunda (31) e terça-feira (1º), as empresas que vão construir oito adutoras emergenciais no estado: DG Log Construções, Logística e Serviços LTDA, CONJASF- Construtora de Acudagem LTDA, Primor Construções LTDA e Memp Construções LTDA.

Como as contratações são feitas de forma emergencial, o ministério publicou a dispensa de licitação no Diário Oficial da União (DOU). Serão beneficiados habitantes dos municípios Pereiro, São Luis do Curú, Tamboril, Iracema, Apuiarés, São João Aruaru, Triângulo Chorozinho e Mineiro.

Recursos

A liberação dos recursos, o acompanhamento e a fiscalização dos empreendimentos são de responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), órgão vinculado ao ministério. O próximo passo será o Dnocs empenhar os investimentos da União no valor de R$ 40,17 milhões referentes à implantação das adutoras e assinar os contratos para início imediato das obras.

Em outubro, foi publicada no DOU a confirmação do contrato com a empresa Pipe - Sistemas Tubulares LTDA, escolhida para fornecer os materiais, como tubos e conexões de aço das linhas adutoras.

A intenção do Ministério da Integração Nacional foi que os materiais chegassem ao local do empreendimento antes das máquinas das construtoras para que não houvesse atraso. O prazo de execução das obras varia de 90 a 180 dias.

Já há materiais de construção em todos os canteiros de serviço. O restante será entregue mensalmente no prazo de 60 a 90 dias, após verificação das especificações técnicas pelo Dnocs.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Integração Nacional

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster