terça-feira, 11 de outubro de 2016

Cearense acusado de planejar terrorismo será enviado a presídio federal após ser preso novamente por tentar matar o vizinho


O cearense Daniel de Freitas Baltazar, 20 anos, deverá ser transferido, nas próximas horas, para o Presídio Federal de Segurança Máxima do Mato Grosso do Sul, onde  irá cumprir o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), depois de tentar matar um vizinho a golpes de faca, no fim de semana. Apontado como suspeito de planejar atentado terrorista nas Olimpíadas Rio-2016, ele esteve preso por mais de um mês, mas ganhou novamente a liberdade.
A transferência do cearense foi autorizada pela Justiça Federal. Conforme as informações da Polícia Militar, na noite de sábado passado, Baltazar se armou com uma faca e investiu contra o vizinho, identificado como  John Sousa Ferreira, com quem tem uma rixa.  Os dois residem no bairro Conjunto Araturi.
Semanas antes de ser preso pela PF, em julho último, na “Operação Hashtag” (de combate ao terrorismo nas Olimpíadas), o jovem teria atingido a filha do vizinho com tiros de uma espingarda de pressão, gerando a inimizade entre eles.
Facadas
Na noite de sábado, Baltazar tentou matar John, que foi atingido por vários golpes e só não acabou assassinado por ter conseguido se desvencilhar do agressor e se abrigado em uma oficina mecânica próximo de sua residência. A PM foi acionada. Uma patrulha do 12º BPM (Caucaia) foi ao local e Baltazar acabou  preso e autuado em flagrante na Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), por crime de tentativa de homicídio.
Ontem (10), o agressor foi transferido da carceragem da DMC para o 18º DP (Jurema). Mas, de lá, deve seguir para a sede da Polícia Federal, que providenciará o seu embarque para o Mato Grosso do Sul. Baltazar estava em liberdade temporária após sua prisão pela PF em julho. 
Por FERNANDO RIBEIRO

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster