sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Homens presos com mais de 11 kg de maconha são condenados


Trés réus foram condenados à reclusão, em regime fechado e sem poder apelar em liberdade, por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Francisco Adriano Lopes Freitas cumprirá 12 anos. Evandro Brasil Silveira e José Robério Josino Frutuoso, que confessaram os crimes, cumprirão nove anos e seis meses cada. A decisão é do juiz Flavio Vinicius Bastos Sousa, titular da 3ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas de Fortaleza.

O magistrado entendeu “que restou satisfatoriamente comprovado nos autos que Evandro e Robério guardavam drogas a pedido de Francisco Adriano, o qual detinha o domínio do fato, na medida em que seria o proprietário dos entorpecentes e chefe do grupo criminoso responsável pelo tráfico de drogas praticado na Favela Samambaia”. O juiz ressaltou ainda que, segundo o que foi narrado em audiência e os depoimentos presentes no inquérito policial, os réus estão “envolvidos com a prática de crimes visando a manutenção deste negócio, inclusive praticando homicídios”.

De acordo com os autos, no dia 10 de março de 2015, os agentes foram informados que os entorpecentes da quadrilha estavam em duas casas (nos bairros Bom Sucesso e João XXIII) e que Francisco Adriano (conhecido como Neném Arrastão e apontando como mandante de um homicídio ocorrido dois dias antes) se escondia em shopping no bairro Jóquei Clube. Francisco Adriano foi preso em flagrante no shopping e os demais no imóvel do João XXIII. No total, foram apreendidos 11,246 kg de maconha, oito munições (calibre 38 e 380), três balanças de precisão e um rolo de papel filme.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster