Feriado da Independência registra 53 acidentes e 11 mortes nas rodovias estaduais e federais do Ceará - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Feriado da Independência registra 53 acidentes e 11 mortes nas rodovias estaduais e federais do Ceará

PRF calcula que nas BRs houve uma ultrapassagem proibida a cada 12 minutos durante a operação de fiscalização no feriado da Independência.

Por G1 CE


Feriado de Independência teve 53 acidentes nas rodovias estaduais e federais do Ceará. — Foto: Divulgação/PRF

Os balanços das operações de fiscalização das estradas, realizado entre a sexta-feira (4) e esta segunda (7), mostraram que foram registrados 53 acidentes e 11 mortes, somando-se as rodovias federais e estaduais do Ceará. Nas estradas estaduais foram 31 ocorrências com 8 óbitos e nas rodovias federais houve 22 acidentes, com 3 pessoas perdendo a vida. As informações foram divulgadas, nesta terça-feira (8), pelas Polícias Rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF).

Em relação às BRs, durante as 96 horas da operação da PRF, foram registradas 471 ultrapassagens proibidas, o que equivale a uma ultrapassagem irregular a cada 12 minutos. Estatisticamente, as ultrapassagens proibidas estão interligadas a acidentes de maior gravidade, como também, as de maior fatalidade, como foi o caso recente envolvendo um veículo de passeio e um caminhão de transporte de pá eólica, onde duas pessoas acabaram morrendo.

Os agentes da PRF fiscalizaram 6.130 pessoas e 6.879 veículos e realizaram 243 testes de alcoolemia, porém nenhum condutor foi preso por embriaguez ao volante, diferentemente do que aconteceu nas rodovias estaduais, onde 46 pessoas foram autuadas por dirigir embriagadas nas CEs, conforme a PRE, que realizou a abordagem de 10 mil veículos e apreendeu duas armas de fogo na operação.

Lentidão na volta do feriado

Uma das mortes registradas foi na CE-168, na região de Saboeiro. O pedreiro Roniel Soares Barros, de 36 anos, morreu após acidente envolvendo três veículos. O caso foi no fim da tarde de sábado (5). Segundo testemunhas, apos ultrapassagem em local proibido, houve uma colisão entre um caminhão e dois carros pequenos.

O tenente aponta que obras realizadas na CE-085 podem ter contribuído para aumentar o engarrafamento na volta para Fortaleza, nesta segunda. Dentre os principais focos no Estado, o trânsito lento se concentrou nesta via e na CE-040.

Para o coordenador de operações, a PRE estava preparada para a alta movimentação no feriado, apesar de o Ceará ainda estar em um retorno gradual da economia. “Montamos uma operação com mais de 300 homens em todo Estado para garantir a segurança de quem precisou acessar as rodovias estaduais”, declara.

O tenente Bruno afirma que a média de mortes registrada foi similar aos últimos finais de semana.

“Enquanto houver vítimas fatais no trânsito a gente está incomodado. O objetivo é sempre zerar”, acrescenta o coordenador.

Máscaras obrigatórias

Desde agosto, os cearenses podem ser multados ao descumprirem o decreto do uso obrigatório de máscara, variando a penalidade de R$ 100 a R$ 1.001 para quem não usar o equipamento de proteção individual (EPI) em locais públicos. A medida sanitária vale tanto para pessoa física ou jurídica, tendo como principal objetivo evitar a propagação da Covid-19.

Apesar de o foco ser a segurança dos motoristas em estradas, a PRE também tem cumprido a lei estadual que prevê o uso obrigatório de máscara. No feriadão, cinco autuações foram realizadas em pessoas que insistiram em não cumprir o decreto.

“Primeiramente, a gente orienta aquele cidadão que está sem a máscara. Se insistir em não usar, a gente faz autuação”, aponta o tenente Bruno Henrique.

Em agosto, entre os dias 20 e 31, 99 pessoas foram multadas no Ceará por não usarem máscara, e aproximadamente 16 mil foram abordadas por uso inadequado, segundo o Governo do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!