Ceará tem média de 1,6 mil casos de Covid-19 por dia na 1º quinzena de junho - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

terça-feira, 16 de junho de 2020

Ceará tem média de 1,6 mil casos de Covid-19 por dia na 1º quinzena de junho

Os dados foram atualizados na manhã desta terça-feira (16) na plataforma IntegraSUS, ferramenta da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

Por Alexia Vieira, G1 CE


Ceará tem mais de 80 mil pessoas infectadas pela Covid-19 e mais de cinco mil óbitos pela doença — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

A média de novos casos de Covid-19 registrados por dia na primeira quinzena de junho foi de 1.646, no Ceará. O número é 2,7% menor em comparação aos últimos 15 dias do mês de maio, quando foram contabilizados, em média, 1.692 casos diariamente. Ao todo, até esta segunda-feira (15), junho teve a notificação de mais 24.697 pessoas com o novo coronavírus no estado. Os dados são da plataforma Integra SUS, da Secretaria da Saúde (Sesa).

Comparando o mesmo período de maio e junho, 1º a 15 de cada mês, é possível ver um aumento da média de registros diários. De 1º a 15 de maio, o Ceará teve o acréscimo de 18.915 casos, com média diária de 1.265, número 30% menor em relação ao mesmo intervalo do atual mês.

O maior número de casos confirmados em um dia aconteceu em 8 de junho, quando 3.043 cearenses testaram positivo para o novo coronavírus. O recorde foi registrado em meio à segunda semana do plano de reabertura da economia no estado. Em junho, a capacidade de testagem do Ceará também foi ampliada, já que no fim de maio o Governo do Estado anunciou a distribuição de 280 mil testes rápidos para os municípios.

Para continuar o plano de retomada das atividades, o número de novos casos e de novos óbitos registrados deve se manter equilibrado ou com curva em queda. Ao fim desta semana, será decidido se Fortaleza, atualmente na Fase 1 do plano, deve continuar para a Fase 2 a partir do dia 22 de junho. Número de leitos de UTI e enfermaria disponíveis também são indicadores levados em conta para a continuidade da reabertura comercial.

Em entrevista à TV Verdes Mares na manhã desta terça-feira (16), o secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, afirmou acreditar que o estado avançará para a próxima fase do plano, uma vez que "há uma redução sistemática da incidência da Covid-19" no território, nos últimos 14 dias.

81 mil casos no estado

Cemitério no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza, no início de maio: mês concentrou maior número de mortes por covid-19 na capital cearense — Foto: Jarbas Oliveira/AFP

O Ceará chega aos 81.289 diagnósticos positivos do agente infeccioso da Covid-19 e soma 5.070 mortes. Os dados são da última atualização da plataforma IntegraSUS, feita às 9h44 desta terça. Nesta segunda-feira (15), três meses após a confirmação dos três primeiros casos da doença no estado, o Ceará ultrapassou os cinco mil mortos em razão da enfermidade.

Em Fortaleza, o número de diagnosticados com o vírus é de 31.149 o maior do estado desde o início da pandemia. Fortaleza contabiliza ainda 2.943 óbitos.

Os municípios cearenses que apresentam os maiores números da pandemia depois de Fortaleza são Sobral (4.137 casos e 175 mortes); Caucaia (3.047 casos e 232 mortes); e Maracanaú (2.798 casos e 185 mortes). Sobral, na Região Norte está em regime de lockdown, junto com outras três cidades da Região Norte.




A taxa de letalidade do Sars-Cov-2 no Estado, que indica a proporção de mortes em relação ao total de casos, está em 6,2%. Ao todo, 60.095 pessoas já se recuperaram da doença no Ceará.

O IntegraSUS aponta que há ainda 54.958 casos suspeitos, em investigação. Já foram realizados 188.882 testes em todo o estado.

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.
Casos de coronavírus no Ceará

Veja outras informações da plataforma:

A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 75,77%.
A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 55,92%.
A letalidade da doença, que indica a proporção de mortes em relação ao total de casos, é de 6,2%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!