Britânico procurado pela polícia do Reino Unido é preso pela PF em prédio de luxo no Meireles - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Britânico procurado pela polícia do Reino Unido é preso pela PF em prédio de luxo no Meireles

O suspeito é procurado pelos crimes de homicídio, sequestros, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e outros

Legenda: O britânico de 42 anos procurado pela polícia do Reino Unido foi preso pela Polícia Federal no Bairro Meireles
Foto: Reprodução/Polícia Federal

Um britânico de 42 anos procurado pela polícia do Reino Unido foi preso nesta sexta-feira (19) pela Polícia Federal, em um condomínio de luxo do Bairro Meireles, em Fortaleza. o foragido responde pelos crimes de homicídio, sequestros, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, tráfico de armas e explosivo, entre outros delitos.

De acordo com a Polícia Federal, o suspeito, James White, é conhecido por ser extremamente violento. Ele é um dos alvos mais procurados pelas forças de segurança britânicas, segundo a Polícia Federal.

O mandado de prisão preventiva para extradição e mandado de busca e apreensão em domicílio foram deferidos pelo Supremo Tribunal Federal, após ação da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) no Brasil. 

Operação Escalada

De acordo com a impresa britânica, White e outros quatro suspeitos eram procurados pela Polícia da Escócia por conexão com diversos crimes. Eles são alvos de mandados de prisão que valem em toda a União Europeia.

A procura pelos suspeitos foi divulgada em fevereiro de 2019, como um apelo da polívia ao público por mais informações sobre os suspeitos. 

A 'Operação Escalada' é uma investigação da polícia escocesa que mira uma das organizações criminosas mais procuradas do país. Até fevereiro de 2018, nove pessoas haviam sido presas na operação, conforme a polícia escocesa.

Em outubro do ano passado, a polícia ofereceu uma recompensa de 6.5 mil euroes por informações sobre o paradeiro dos foragidos. 

As investigações também ligam a organização criminosa ao assassinato do escritor Martin Kok, em 2016. Martin tinha um blog sobre organizações criminosas internacionais.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!