Bolsonaro antecipa saída das Forças Armadas do Ceará - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 4 de março de 2020

Bolsonaro antecipa saída das Forças Armadas do Ceará

Foto: Marcos Côrrea/PR
O Exército Brasileiro iniciou sua desmobilização e deslocamentos de retorno às suas respectivas sedes nesta quarta-feira (4). A Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) tinha sido prorrogada até sexta-feira (6), mas com o fim do motim dos policiais militares, o presidente Jair Bolsonaro decidiu antecipar a saída. 

"As tropas de outros estados, como Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba e Piauí, empregadas na operação iniciaram sua desmobilização e deslocamentos de retorno às suas respectivas sedes. As tropas concentradas nas cidades do Crato e Juazeiro iniciaram também sua desmobilização", diz a nota divulgada pelo Exército Brasileiro. 

O presidente Jair Bolsonaro determinou a GLO após solicitação do governador Camilo Santana. Antes de renovar, o presidente criticou o pedido do cearense. "A GLO, em nosso governo, não é eterna", afirmou. 

LEI PROÍBE ANISTIA

A lei que proíbe a anistia de policiais militares que participam de motins e paralisações foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última terça-feira (3). Aprovada pela Assembleia Legislativa, a medida foi encaminhada ao Legislativo pelo governador Camilo Santana, diante da paralisação de parte dos agentes de segurança. 

De acordo com o texto, "fica vedada a concessão administrativa ou legal de todo e qualquer tipo de anistia ou perdão por infrações disciplinares cometidas por servidores militares envolvidos em movimentos ilegítimos ou antijurídicos de paralisação, motim, revolta ou outros crimes de natureza militar que atentem contra a autoridade ou a disciplina militar.

Fonte: CNEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!