Onda de violência com mortes em sequência abala população do Sertão Central - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Onda de violência com mortes em sequência abala população do Sertão Central

Francisco Cambraia foi morto em Milhã; e Flávio Uchoa em Senador Pompeu
Uma onda de violência armada, com assassinatos em sequência, deixou abaladas duas cidades do Sertão Central cearense nas últimas 24 horas. Três jovens foram mortos em circunstâncias ainda misteriosas nos Municípios vizinhos de Senador Pompeu e Milhã. A ação de pistoleiros tornou-se um desafio na região para as autoridades da Segurança Pública.

A sequência de assassinatos no Sertão Central começou na tarde do último dia 25, Dia de Natal, por volta de 17h30, quando foi morto, a tiros, o jovem Francisco França Cambraia Neto, 20 anos de idade. Ele era neto do ex-prefeito do Município de Senador Pompeu, França Cambraia, que foi gestor daquele Município a partir de 1982.

O jovem foi executado a tiros na localidade de Sítio Japão, no limite entre os Municípios de Milhã e Senador Pompeu. A Polícia esteve no local do crime e não descartou a hipótese de uma ação de pistoleiros.

Mais mortes

No começo da manhã do dia seguinte, quinta-feira (26), a vítima foi outro jovem da mesma idade. Gabriel Fernandes Costa, 20, foi executado a tiros na localidade de Vila dos Cazuza, na zona rural de Milhã.

E no começo da tarde de ontem, o servidor da Prefeitura Municipal de Senador Pompeu, Cícero Flávio Uchoa do Nascimento de Indairã, 22, foi morto por pistoleiros naquela cidade. O crime aconteceu no bairro Nova Brasília. A Polícia acredita em um crime de natureza política. O jovem fazia críticas aos ex-gestores do Município, ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT) e que são investigados por fraudes em licitações ocorridas na época da gestão anterior.

Fonte: CN7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!