Mortes em Paracuru: execução ou homicídio seguido de suicídio? - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Mortes em Paracuru: execução ou homicídio seguido de suicídio?

Horas antes do crime, o carro foi flagrado por uma câmera, em São Gonçalo do Amarante - FOTO: ALINE OLIVEIRA
Restos mortais e partes de um veículo incendiado. Foi o que ficou de uma ocorrência, cercada por mistérios, registrada em Paracuru, litoral oeste do Ceará. Conforme apurado pelo Sistema Verdes Mares, no último domingo (15), morreram Thaís Amaral de Oliveira Lopes e Jorge Luiz Farias, sobrinha e tio. O estado de decomposição dos corpos não permitiu ainda que as autoridades confirmassem as identidades dos dois.

Uma fonte ligada ao caso informou que uma das linhas de investigação mais forte para a Polícia Civil é que Jorge tenha cometido suicídio, atirado ou incendiado a si mesmo. Próximo ao automóvel, foram encontradas cápsulas, que indicam a presença de tiros.

Não se sabe se a sobrinha foi assassinada por ele ou vivenciou momentos diversos a isto antes de morrer. Tudo que aconteceu dentro do veículo Volkswagen Crossfox, de cor prata e placa NQL 8902, instantes antes das mortes, ficou com os dois.

O caso é investigado por policiais da Delegacia Municipal de Paracuru. Ao longo dos cinco dias, desde o achado dos dois corpos, seis pessoas foram ouvidas, dentre elas o caseiro da residência de praia da família e a esposa de Jorge Luiz. Autoridades contatadas pela reportagem apontam que, até o momento, não há nenhum indicativo de que as mortes tenham acontecido com participação de membros de facções criminosas.

Crime Brutal

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), foram recolhidos objetos na estrada carroçável onde o veículo foi localizado e apresentados na Delegacia Metropolitana de Paraipaba. A reportagem apurou que, apesar de as autoridades ainda não terem recebido os laudos de DNA da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), é 80% certo que o segundo corpo seja de Thaís Lopes. A jovem de 24 anos havia se tornado publicitária há pouco tempo. Ela e o tio conviviam na mesma casa desde a infância da menina.

Testemunhas foram ouvidas na Delegacia Municipal de Paracuru

A reportagem ainda obteve informação de que Jorge Luiz mentiu para a esposa horas antes do crime. Na noite do último sábado (14), ele chegou a dizer, por meio de mensagem, que o carro dele tinha dado problema no bairro Parangaba, em Fortaleza. Em um dos trechos da conversa, falou que estava indo para um evento e depois entraria em contato, porque a bateria do celular estaria no fim.

Uma hora e 30 minutos antes, uma das câmeras do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) flagrou o veículo trafegando pelo município de São Gonçalo do Amarante, distante quase 60Km do bairro Parangaba.

Familiares de Thaís e Jorge compareceram à Pefoce durante esta semana para colher amostras de DNA e auxiliar na identificação das vítimas. A Perícia respondeu que não há um prazo específico para os resultados dos exames, e afirmou que as amostras colhidas estão em análise no Núcleo de DNA Forense, para que os corpos carbonizados sejam identificados oficialmente.

A Polícia Civil investiga o duplo achado de cadáver em Paracuru. A reportagem apurou que uma das linhas adotada pelas autoridades é que Jorge Luiz Farias tenha cometido homicídio seguido de suicídio.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!