Prefeitura de Jaguaribe atua para reparar danos causados por ventania; Funceme explica o fenômeno - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Prefeitura de Jaguaribe atua para reparar danos causados por ventania; Funceme explica o fenômeno

Vendaval causou prejuízo aos moradores da cidade (Foto: via Whatsapp O POVO)
Moradores de Jaguaribe, ao saírem de suas casas na manhã desta segunda-feira, 21, se depararam com um cenário de destruição. Por volta das 16 horas desse domingo, 20, ventos fortes atingiram a Cidade e fizeram estragos destelhando casas, derrubando árvores e até mesmo o teto de uma quadra poliesportiva.

Segundo levantamento realizado pela Secretaria da Cidade e Infraestrutura (Seinfra), foram destruídos: a quadra do Polo do Cruzeiro, localizada no bairro Aloísio Diógenes e inaugurada em 2008; a Escola Estadual de Tempo Integral Cornélio Diógenes; o Mercado dos Peixes; o Centro de Artesanato; postos de gasolina e outros estabelecimentos comerciais. A rodoviária do Município e a Igreja Matriz também foram afetadas.

O levantamento indica ainda que houve interdição da BR-226, devido à queda de um poste de alta tensão; complicações no sistema de abastecimento d'água; o destelhamento de diversas casas no Município; e danos em árvores, praças e placas de outdoor. As falhas no sistema de internet, sistema de energia elétrica e no semáforo já foram solucionadas, de acordo com a Seinfra.

Em nota, a Prefeitura de Jaguaribe lamentou o ocorrido e informou que está trabalhando para que os possíveis transtornos sejam solucionados. O trabalho está sendo realizado com o apoio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), o Departamento Municipal de Tecnologia da Informação e demais órgãos do Município.

Explicação do fenômeno

Conforme previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) na última sexta-feira, 18, Jaguaribe já apresentava condições de chuva devido a áreas de instabilidade que se formaram ao leste do Nordeste e chegaram à região. No domingo, a Cidade registrou rajadas de vento de até 78,8 km/h - o valor mais alto em 2019.

De acordo com o meteorologista Raul Fritz, ao se acentuar essa instabilidade atmosférica, a cumulonimbus (como são chamadas as nuvens desenvolvidas da base até o topo) provoca chuvas acompanhadas de rajadas. “Apesar de serem rápidos, esses aumentos repentinos de velocidade do vento, dependendo da intensidade, podem provocar danos como aqueles observados em Jaguaribe”, explica.

O maior acumulado de chuva em Jaguaribe, no intervalo das 7 horas de ontem até as 7 horas desta segunda-feira, 21, foi de 19,5 milímetros, segundo dados da Funceme.

Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!