Mauro Albuquerque diz que vai retirar todas as tomadas dos presídios do Ceará - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Publicidade

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Mauro Albuquerque diz que vai retirar todas as tomadas dos presídios do Ceará

O secretário estadual da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, afirmou, na manhã desta terça-feira (5), que pretende retirar todas as tomadas elétricas do sistema penitenciário do Ceará. Albuquerque também reforçou que os presídios cearenses estão sob controle e que aguarda a liberação de mais 90 agentes penitenciários pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública.

“A situação dentro do sistema penitenciário está sob controle desde o primeiro dia que eu assumi, entendeu? Você não vê cadeia amotinada e quem tentou não conseguiu e, se tentarem virar alguma cadeia, a gente desvira. Não tem problema não. As tomadas? Com certeza. Vai ser em todas as cadeias [a retirada] ”, disse.

O secretário esteve na Assembleia Legislativa para a abertura da 30ª legislatura da Casa. Albuquerque também avaliou como positivo o pacote anticrime apresentado pelo ministro Sérgio Moro nesta segunda-feira (4). O total de agentes que reforçam a segurança dos presídios não foi divulgado pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).
Agentes

Mauro ainda aguarda mais 90 agentes penitenciários para atuar no Ceará por 90 dias, além dos 45 dias já autorizados pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública. O efetivo foi solicitado ao Governo Federal, segundo Albuquerque.

“Precisava de mais 90 agentes para poder resolver a situação. Poderia ser melhor e o tempo mais longo ia me ajudar bastante. Sobre o pacote, muito bom. O criminoso a gente sabe que é criminoso, faz parte do crime organizado dentro da unidade prisional e, muitas vezes, ele é avaliado só pelo crime que cometeu na rua. Isso é muito ruim para o estado”, afirmou.

Separação de líderes de facção

Ao ser perguntado como vai ser a junção dos presos pertencentes a mesma facção, dentro das penitenciárias, Albuquerque disse que trabalha primeiro na preparação de uma unidade prisional que receba esses detentos.

“Hoje nós continuamos trabalhando nisso aí. Eu estou trabalhando e preparando uma unidade para justamente acabar com isso. Preparar primeiro a unidade. Reestruturá-la para poder colocar dentro das condições necessárias de segurança. Muita gente falou que eu ia colocar eles lá para se matarem lá e essa não é a ideia. É muito pelo contrário. É o controle total do estado sobre o interno que está sob tutela do estado.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!