Ministro investigado por corrupção se nega a fornecer senha de celular para a Polícia Federal - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Conheça a UNIASSELVI – Graduação e pós-graduação presencial e EAD

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Ministro investigado por corrupção se nega a fornecer senha de celular para a Polícia Federal

O ministro do trabalho, Helton Yomura, foi afastado por decisão do Supremo Tribunal Federal nesta quinta-feira (05/07). O motivo por trás da decisão é uma nova fase da operação Registro Espúrio que busca apurar fraude e um esquema de corrupção montado pelo PTB no ministério.

No entanto, chamou a atenção o fato de Helton Yomura se negar a fornecer a senha de um smartphone que ele usava durante o exercício do cargo e que foi apreendido pela Polícia Federal. A Folha de S. Paulo informa que o ministro teria se mantido em silêncio devido a uma solicitação da defesa. 

questionado acerca da apreensão de um aparelho telefone celular pertencente ao Ministério do Trabalho e solicitada sua respectiva senha de acesso, o declarante [Yomura], por determinação de seus constituídos [advogados] e por conter informações e arquivos privados, se nega a fornecê-la neste momento, até que tenha acesso aos autos, ressaltando que o aparelho era usado também para fins particulares.

Por enquanto, o ministro segue negando desconhecimento do motivo pelo qual é acusado. No entanto, o relatório da Polícia Federal aponta que Yomura servia de "ponte" que passava informações do ministério para o presidente do PTB, Roberto Jefferson, e para sua filha, Cristiane Brasil.

Desta forma, a acusação aponta que o partido usava a estrutura do ministério para cobrar propina de instituições sindicais como forma de facilitar o seu registro. O partido Solidariedade também está sendo investigado no caso que "loteou" o Ministério do Trabalho: 

importantes cargos da estrutura do Ministério do Trabalho foram preenchidos com indivíduos comprometidos com os interesses do grupo criminoso, permitindo a manutenção das ações ilícitas

Com a divulgação do caso, ainda não sabemos se a Polícia Federal irá usar dos mesmos métodos do FBI para desbloquear o aparelho apreendido. Mesmo assim, nos EUA a situação acabou gerando uma guerra com a Apple.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!