Bandidos invadem casa de coronel da PM e o mantém como refém e sob torturas durante duas horas - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Conheça a UNIASSELVI – Graduação e pós-graduação presencial e EAD

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Bandidos invadem casa de coronel da PM e o mantém como refém e sob torturas durante duas horas

Um oficial da Polícia Militar virou refém de criminosos em sua própria residência, nesta Quarta-Feira de Cinzas, e foi mantido sob tortura durante cerca de duas horas. O crime ocorreu na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e os bandidos estão sendo procurados.

O fato ocorreu no Município de Maranguape (a 27Km da Capital), quando bandidos armados invadiram a residente do tenente-coronel da Reservada Remunerada da PM, Manoel Batista de Freitas (tenente-coronel Freitas). Ele foi tomado como refém, amarrado e amordaçado em sua casa, localizada na Travessa Santa Luzia, no bairro Cágado, por volta de 18h30 e ficou sob poder dos criminosos até 20h30.

Os bandidos exigiam do militar suas armas de fogo e o chamavam por “coronel”, demonstrando que sabiam previamente quem era a vítima do ataque. Freitas afirmava que não tinha armas de fogo em sua casa. Por conta disso, chegou a ser espancado pelos criminosos que usavam capuzes e estavam armados com revólveres e pistolas.

Depois de quase duas horas de ação criminosa, o bando decidiu fugir, levando vários objetos de valor encontrados na residência do oficial, inclusive, sua espada funcional (usada em solenidades) e uma TV de LED de 32 polegadas.

A Polícia Militar capturou no fim desta manhã de quinta-feira um dois bandidos envolvidos no assalto à casa de um oficial da Corporação. O crime ocorreu na tarde de Quarta-Feira de Cinzas (13) na cidade de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O militar foi torturado durante cerca de duas horas para entregar dinheiro, armas e objetos de valor de sua casa.

Segundo o comandante do 14º BPM, coronel Alves, o suspeito foi preso no vizinho Município de Maracanaú e a Polícia Militar seguem em diligências para capturar o restante da quadrilha. O homem detido tinha contra si um mandado judicial de prisão preventiva por ter cometido um crime de homicídio. Seu nome não foi, ainda, divulgado.

As diligências policiais prosseguem na área. Conforme o comandante, a operação só terminará com a desarticulação da quadrilha. “O que foi preso é de Maracanaú. Outros já foram identificados e moram lá mesmo em Maranguape”, relatou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!