Goiabeiras comemora um ano de paz desde que foi instalada a Torre de Vigilância - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 19 de junho de 2019

Goiabeiras comemora um ano de paz desde que foi instalada a Torre de Vigilância

A Torre de Vigilância atua diuturnamente com câmeras monitorando o bairro
Nesta véspera do feriado de Corpus Christi não haverá bolo nem festa, mas para a comunidade das Goiabeiras, na Barra do Ceará, na zona Oeste de Fortaleza, é dia de comemorar um ano da volta da paz e da segurança no bairro. Ruas, travessas e becos que haviam se transformado em verdadeiros “campos de guerra” dos tiroteios entre facções criminosas, hoje estão livres da violência e da criminalidade. O motivo: a instalação da Torre de Vigilância do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU) pela Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Foi na tarde do dia 19 de junho do ano passado que o bairro passou a ser vigiado durante 24 horas por câmeras, guardas municipais e policiais militares, a partir da inauguração da Torre de Vigilância pelo prefeito Roberto Cláudio; e pelo vice-prefeito, Moroni Torgan, idealizador e executivo do programa. Começava naquela data, a marcha das forças de Segurança para uma contundente redução das mortes violentas no bairro.

Até aquele dia, a comunidade pacata era refém de uma rotina de assassinatos de jovens e adolescentes por conta da rivalidade entre as facções Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE), que disputavam o território para a venda de drogas a partir de suas “bases”, o Gueto da Barra e o Morro de São Tiago, respectivamente. Em 2017, 18 pessoas foram assassinadas ali. Em 2018, entre janeiro e junho, mais uma dezena.

Volta da paz

O desafio de devolver a paz social nas Goiabeiras levou as autoridades do Município a escolher a comunidade como a segunda a ter implantado o PMPU (a primeira foi a do Jangurussu). E o local onde deveria ser erguida a Torre foi estrategicamente fixado: ao lado da Areninha do bairro e a poucos metros das vielas que servem de acesso para o Morro de São Tiago, reduto de uma das facções criminosas e onde corpos de jovens seqüestrados e mortos eram enterrados pelos criminosos.

A desconfiança dos moradores sobre a eficiência do equipamento e da presença da Guarda Municipal e da Polícia Militar nas ruas do bairro, logo foi substituída pela certeza da volta da paz. Câmeras espalhadas pelas ruas e becos da comunidade tornaram-se os “olhos” das autoridades. Imagens recebidas pela torre orientaram os agentes sobre os pontos mais vulneráveis da área.

A intensificação do policiamento motorizado durante 24 horas (através de carros e motocicletas), além da realização de blitze diariamente, foram, dia a dia, afastando dali os criminosos. O resultado foi uma drástica redução da criminalidade. De 10 assassinatos entre janeiro a junho de 2018, o número caiu para apenas dois no mesmo período deste ano, uma redução de 80 por cento de homicídios.

Mais torres

Com a chegada da vigilância nas Goiabeiras, acabaram os tiroteios e as festas regadas a drogas e “paredões de som” que infernizavam a vida dos moradores e só alimentavam as estatísticas criminais naquele lado da cidade. 

A Areninha do bairro, que ficou vazia por conta das constantes trocas de tiros e mortes, voltou a funcionar, abrigando competições diárias entre times de futebol reunindo adolescentes, jovens e adultos. O trabalho de parceria da Guarda Municipal com a PM fez o povo voltar às ruas, bem diferente dos “toques de recolher” que as facções impunham nos fins de semana e feriados.

A prestação de serviço sociais aos moradores através do Espaço da Cidadania, ao lado da Torre, também alimentou a esperança de dias melhores para a comunidade, com a oferta desde a expedição de documentos à oferta de cursos profissionalizantes.

À exemplo do que aconteceu no Jangurussu, a queda dos índices da violência nas Goiabeiras estimulou a parceria Prefeitura e Governo do Estado a impulsionar o projeto PMPU, sendo implantadas ao longo do ano passado as Torres dos bairros Vila Velha, Barra do Ceará e Caça e Pesca.

Até o fim do ano, ganharão também Torres de Vigilância e policiamento diuturno da Guarda Municipal de Fortaleza em parceria com a PM, comunidades como Edson Queiroz (Dendê), Antônio Bezerra, Aerolândia, Centro, Bonsucesso, Lagoa Redonda, Mondubim, Canindezinho, Coaçu (CE-040), Praia de Iracema, Pirambu, Conjunto Santa Terezinha e Varjota, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!