MPCE ocupa Câmara de Juazeiro do Norte em operação contra servidores fantasmas - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sexta-feira, 12 de abril de 2019

MPCE ocupa Câmara de Juazeiro do Norte em operação contra servidores fantasmas


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) ocupou nesta sexta-feira (12) o prédio da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. A ação visa investigar funcionários fantasmas que ganham salários de marajás. Segundo denúncia do Jornal do Cariri, os sangue-sugas custariam cerca de R$ 200 mil aos cofres públicos.

O presidente da Câmara, Darlan Lobo, auxilia o MPCE e garante que irá demitir todos os servidores fantasmas e marajás. Também é alvo da operação o funcionário analfabeto que conseguiu aprovação no concurso público do Legislativo há 15 anos.

O promotor Siderlândio do Nascimento comandou, com outros dois colegas de profissão, a ação. Foram levados livros de pontos e folhas de pagamentos. Todo o prédio do Legislativo foi fotografado. A meta é punir os servidores que recebem sem trabalhar.

Em tempo

O Jornal do Cariri, em março, denunciou o esquema. Promotores receberam prestações de contas da Câmara entregues pelo ex-presidente Gledson Bezerra (PMN), que chamou a atenção para a escalada salarial de alguns servidores efetivos.

Mais de uma dezena desses servidores têm vencimentos maiores que os vereadores, secretários e, em um dos casos, a remuneração é maior que a dos chefes do Executivo e Legislativo. A despesa com os 10 maiores salários é superior a R$ 164 mil.

Entre os super salários, servidores com funções como auxiliar de serviços gerais e auxiliar administrativo, com mais de R$ 13 mil cada; telefonista com R$ 14 mil; assistente administrativo com R$ 15 mil; digitador com R$ 20 mil; revisor com R$ 21 mil; e dentista com R$ 25 mil.

Fonte: CN7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!