Renan critica quem defende voto aberto - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Renan critica quem defende voto aberto

Candidato do MDB à presidência do Senado, o senador alagoano Renan Calheiros classificou como uma "maluquice" a proposta de um grupo de senadores de que a eleição para a escolha da próxima Mesa Diretora da Casa seja feita com votação aberta, ou seja, com cada parlamentar tornando público o candidato em quem votou.

“Uma maioria ter que se humilhar, judicializando uma eleição que ela ganharia porque uns malucos queriam abrir o voto”, disse Calheiros, referindo-se ao pedido que parte dos senadores de seu próprio partido e do Solidariedade apresentaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para reverter o resultado da votação de ontem (1), na qual a votação aberta foi aprovada por 50 votos a 2 – com uma abstenção e 28 senadores deixando de votar.

O pedido foi julgado pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, que decretou que a votação deve ser secreta. Em sua decisão, Toffoli afirmou que a votação secreta para as eleições internas nas casas legislativas podem ser observadas em distintos parlamentos do mundo. Argumento usado, hoje, por Calheiros.

Além de Renan, são candidatos para presidente do Senado: Alvaro Dias (Pode-PR), Ângelo Coronel (PSD-BA), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Fernando Collor (Pros-AL), Major Olímpio (PSL-SP), Reguffe (sem partido-DF) e Espiridião Amin (PP-SC).

Com informações da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!