Prefeito cearense nomeia acusado de crimes de tortura como chefe de gabinete - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sábado, 1 de dezembro de 2018

Prefeito cearense nomeia acusado de crimes de tortura como chefe de gabinete

O prefeito do município de Saboeiro – a 440,3 quilômetros de Fortaleza -, Gotardo Martins (PSD), nomeou como chefe de gabinete no último dia 12, por meio de portaria, Francisco Aldemir Alves Amorim.

Conforme o site do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), inquérito policial foi instaurado contra Amorim para apurar crimes de tortura e extorsão mediante sequestro, seguida de lesão corporal grave. O caso teria se dado em Iguatu, em Iguatu, em 2010.

Teriam sido vítimas de agressão cinco pessoas, entre elas um jornalista. A hipótese é de que eles faziam oposição ao chefe executivo de Iguatu. O advogado Leandro Vasques representou uma das vítimas no período. Ao Blog Política, ele diz acreditar numa história “muito sinistra” por trás do caso, além de motivação política para os crimes.

Além de Amorim, foram indiciados à época, com base no processo, Theogenis Martins Florentino, então chefe de gabinete da Prefeitura de Iguatu), Cícero Santiago Alves de Lima, servidor da Prefeitura, Francisco Aldemir Alves Amorim, secretário-executivo da Prefeitura, Francisco Itaílton Neves, Juliene Bernardo da Silva, Antônio Zilmar da Silva, membros da Guarda Municipal) e Francisco de Assis Alves Bandeira, sargento da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

Também foram indiciados o então prefeito de Iguatu, o deputado estadual eleito Agenor Neto (MDB), e o ex-deputado José Ilo Dantas (PSDB), pai de Agenor. Eles são suspeitos de ter ordenado a ação criminosa.

Em nota, o TJCE diz que o inquérito está na Comarca de Iguatu, e ainda está em fase de instrução. “Como o processo envolve vários réus e vítimas, as audiências de instrução (onde os envolvidos são ouvidos) foram iniciadas, mas devem ser concluídas apenas no início do próximo ano”, diz a corte.
Outro lado

A reportagem entrou em contato com o prefeito de Saboeiro, Gotardo Martins, pelo telefone celular. Amorim atendeu à ligação. Antes de se identificar, a reportagem perguntou se era o prefeito. Diante da negativa, o Blog Política perguntou quem estava falando ao que o homem respondeu: “Pessoa dele”.

A chamada, então, foi encerrada. Em nova ligação, o homem afirmou que a ligação não tinha caído, mas sido encerrada. “Eu que desliguei mesmo”. Quando revelou ser Amorim, foi convidado a dar entrevista, mas disse que, para isso, o Blog Política teria que localizar o número de seu telefone, que se recusou a fornecer.

Ainda no celular do prefeito, foram enviadas mensagens. Foram visualizadas e não respondidas. O Blog não conseguiu o número do próprio Amorim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!