Policial reage a assalto, corre para pedir ajuda, mas é baleado por outros PMs e morre no IJF - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Policial reage a assalto, corre para pedir ajuda, mas é baleado por outros PMs e morre no IJF

Um cabo da Polícia Militar do Ceará (PMCE) morreu, na madrugada desta quarta-feira (29), após ser atingido por dois disparos de outros PMs que o confundiram com um criminoso. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS-CE), Paulo Alberto Marques Albuquerque, de 33 anos, trafegava de moto nas proximidades da lagoa da Parangaba, quando sofreu uma tentativa de assalto. Ele, então, reagiu e trocou tiros com os suspeitos. Na sequência, viu uma viatura do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e correu para pedir ajuda com a arma em punho, sendo alvejado pelos policiais, que não sabiam que se tratava de um militar.

Ainda segundo a pasta, o cabo Albuquerque foi baleado na rua Joaquim Moreira, bairro Parangaba. Ao se aproximarem da vítima, os policiais que efetuaram os disparos identificaram o PM e o socorreram. A composição se apresentou espontaneamente na 11ª Delegacia da DHPP, que investiga casos de morte envolvendo agentes de segurança. A especializada é responsável pelas apurações sobre o caso.

De acordo com informações da TV Diário, o policial foi atingido por um disparo na perna e outro no tórax. Inicialmente, ele foi encaminhado para o Frotinha da Parangaba, onde recebeu um primeiro atendimento, mas logo foi transferido para o Instituto Dr. José Frota (IJF), onde chegou já em estado grave, segundo um socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ouvido pela reportagem. 

"Ele foi atingido por dois disparos, um em uma das pernas e outro no peito. A vítima perdeu muito sangue, teve uma parada cardiorespiratória, que foi contornada ainda no frotinha da Parangaba, e só depois foi transferida para o IJF", disse o socorrista do Samu.

Ainda segundo apuração da TV Diário, a moto do cabo Paulo chegou a ser levada pelos suspeitos que o abordaram na Parangaba, mas foi recuperada pela polícia. Ainda não há informações sobre prisões realizadas na sequência. O PM era lotado no Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur).

Com informações da TV Diário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!