Ataques a ônibus e prédios foram represália por mortes de criminosos, diz secretário - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Conheça a UNIASSELVI – Graduação e pós-graduação presencial e EAD

domingo, 29 de julho de 2018

Ataques a ônibus e prédios foram represália por mortes de criminosos, diz secretário

O titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, confirmou a motivação dos incêndios a ônibus e prédios da Grande Fortaleza, em coletiva de imprensa neste domingo (29)

De acordo com a SSPDS, foi realizado um planejamento estratégico de segurança junto ao Sindiônibus e à Etufor, e policiamento foi reforçado na Capital ( Foto: Diário do Nordeste )

Após a prisão de três suspeitos de participação nos incêndios a ônibus e prédios públicos de Fortaleza, neste fim de semana, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa, confirmou que os crimes foram represálias pelas mortes de três criminosos em confronto com a Polícia Militar (PMCE), em Amontada, sendo esta a principal linha de investigação adotada pela Polícia Civil. A declaração foi feita neste domingo (29), em coletiva à imprensa.

Conforme Costa, dez pessoas foram encaminhadas à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP): três foram autuadas e presas em flagrante, e as outras sete foram liberadas por “não haver elementos que contribuíssem para o flagrante”. Outros suspeitos de participarem dos ataques foram identificados, mas seguem foragidos.

Ainda de acordo com a SSPDS, foi realizado um planejamento estratégico de segurança junto ao Sindiônibus e à Etufor, e policiamento foi reforçado na Capital, no intuito de capturar os envolvidos nas ações. 
Atentados

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sindiônibus) confirmou, neste domingo (29), que 12 ônibus foram incendiados em Fortaleza e na Região Metropolitana (RMF), na última sexta-feira (27) e no sábado (28). Os atentados foram registrados em bairros como Parque São José, Bela Vista e Parque Dois Irmãos. Houve tentativas ainda registradas nos bairros Álvaro Weyne e Jacarecanga, mas a própria comunidade dos locais conseguiu controlar as chamas.

Além dos ônibus, pelo menos cinco prédios públicos foram atacados na Capital, de acordo com a SSPDS. Coquetéis molotov foram arremessados, ainda, no bairro da Serrinha e contra uma agência bancária no Carlito Pamplona, mas sem sucesso. Na noite de sábado (28), cinco suspeitos atearam fogo em uma agência bancária do Itaú na Avenida Washington Soares, no bairro Edson Queiroz. De acordo com a SSPDS, não houve vítimas em nenhuma das ocorrências.

Fonte: Diario do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!