12 garotos desaparecidos em uma caverna inundada na Tailândia - NOTÍCIAS DE PENTECOSTE

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!

sábado, 30 de junho de 2018

12 garotos desaparecidos em uma caverna inundada na Tailândia

No sexto dia da busca por 12 meninos e seu técnico de futebol desaparecidos em uma caverna inundada no norte da Tailândia, a polícia começou a lançar kits de sobrevivência através de um duto escavado na encosta da montanha, sem saber se há alguém para recebê-los.
Os meninos, que têm entre 11 e 16 anos de idade, e seu técnico de 25 anos desapareceram no sábado depois de decidirem explorar o complexo de cavernas de Tham Luang, que tem 10 quilômetros de extensão e se localiza na província de Chiang Rai, apesar de um aviso alertando visitantes que o labirinto de passagens e câmaras está sujeito a inundações.
Bicicletas e chuteiras pertencentes aos garotos foram encontradas perto da entrada da caverna, e agentes de resgate acreditam que marcas de mãos no interior do local podem ter sido deixadas pelo grupo -- mas a busca não encontrou nenhum outro rastro até agora.

A polícia está vasculhando o terreno acima em busca de outras entradas para a caverna enquanto mergulhadores tentam encontrar um caminho pelas passagens inundadas, mas os trabalhadores têm sido dificultados pelas fortes chuvas.
Nesta sexta (29), o primeiro-ministro do país, Prayuth Chan-ocha, pediu fé às famílias. "É preciso ter fé. Fé na ação das autoridades. Fé nas nossas crianças que são fortes e vigorosas. Tudo vai voltar ao normal."
Saiba quais são os fatores que estão complicando a busca:

Thai News Pix via AP
Tênis e bicicletas foram encontrados na entrada da caverna da Tailândia

O tamanho do complexo da caverna

A caverna Tham Luang Nang Non na província de Chiang Rai tem uma impressionante área de entrada, um lugar fácil para fazer caminhadas e que se tornou uma atração turística.
A caverna inteira é muito maior: o complexo se estende por até 10 quilômetros, em grande parte uma série de passagens estreitas que levam a amplas câmaras e depois de volta a passagens estreitas.
Existem várias mudanças na elevação ao longo do caminho. As autoridades acreditam que os meninos e seu treinador entraram e ficaram presos quando a caverna inundou devido a uma chuva forte.
A caverna é conhecida por inundar durante a estação chuvosa da Tailândia, de junho a novembro. Equipes de resgate encontraram alguns dos pertences dos garotos em câmaras mais distantes da entrada e acredita-se que os garotos foram ainda mais fundo na caverna para procurar por terra seca.

Sakchai Lalit/AP Photo
Inundação dentro da caverna em que são feitas as buscas por 12 garotos e seu treinador de futebol em Mae Sing

Não há espaço para manobras

As inundações e os espaços apertados estão dificultando os esforços. Os mergulhadores tentam atravessar as estreitas passagens inundadas, geralmente com pouca visibilidade.
"Os mergulhadores estão em áreas escuras que não são planas e há lama e pedras em todo lugar. Portanto, para a equipe da Marinha que está lá, quando mergulha, às vezes um tanque só pode chegar a 30 metros e eles de que voltar", disse o ministro do Interior da Tailândia, Anupong Paojinda.
Por causa do espaço limitado, da velocidade lenta das buscas e do perigo do mergulho, as autoridades não querem mergulhadores passando por longas passagens completamente cheias de água. Else preferem que os mergulhadores possam emergir para o oxigênio, caso precisem.
Sakchai Lalit/AP Photo
Pais fazem vigília e rezam na entrada de complexo de cavernas

Há poucas soluções

De acordo com Anmar Mirza, coordenador nacional da National Cave Rescue Commission nos EUA e editor do livro Manual of US Cave Rescue Techniques, em uma situação como essa, provavelmente só há duas coisas que podem ser feitas: bombear a água e procurar por entradas alternativas.
As autoridades tailandesas têm feito as duas coisas, mas os esforços de bombeamento têm sido frustrados pela chuva incessante e a busca por outras entradas até agora foi um beco sem saída.
Mirza disse que, se houvesse um mapa de alta qualidade, a perfuração poderia ser uma possibilidade, mas isso é extremamente difícil por uma série de razões, especialmente em terrenos montanhosos, e também pode levar dias ou semanas.
Autoridades tailandesas disseram que estão considerando a perfuração e estão esperançosos de que o calcário será mais fácil de perfurar do que alguns outros tipos de rocha.

Thai News Pix via AP
Equipes de resgate se reúnem na entrada da profunda caverna onde um grupo de meninos desapareceu em Chiang Rai, na Tailândia

Não há solução tecnológica

Mirza disse que "não existe tecnologia atual capaz de detectar pessoas no subsolo, ou mesmo a mais de alguns metros abaixo do solo, e essa tecnologia não deve ser desenvolvida nem a médio prazo no futuro".

Chances de sobrevivência

De acordo com Mirza, a juventude e a saúde dos meninos são uma vantagem e, se a caverna não estiver muito fria, eles devem sobreviver de quatro a cinco dias sem água e um mês ou mais com água, mas sem comida.
"A maior preocupação é que eles se desesperem e tentem entrar na água que pode subir muito depressa", disse ele.
As autoridades disseram que a caverna está quente o suficiente e, por isso, a hipotermia não deve ser um problema.

O que acontece se forem encontrados

Autoridades tailandesas disseram que, mesmo que os meninos sejam encontrados, tirá-los da caverna poderia levar algum tempo e até mesmo exigir que eles aprendam o básico do mergulho devido às enchentes.
Mirza disse que, embora tais decisões sejam melhor deixadas para um especialista em mergulho no local, em geral é muito perigoso levar mergulhadores inexperientes através de passagens de cavernas inundadas, mesmo em curtas distâncias.
O curso de ação mais seguro pode ser fornecer alimentos e outros suprimentos onde eles estão e esperar que a água desça ou crie outra entrada, mesmo que isso possa levar semanas ou meses.

(Com Associated Press e Reuters)
UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie aqui!!!