sexta-feira, 4 de maio de 2018

Centro de conexões da Air France, KLM e Gol começa a operar em Fortaleza com voos internacionais

Incremento do fluxo turístico internacional de cerca de 70 mil passageiros por ano e fator impulsionador de setores como o turismo, indústria, agronegócio, comércio e serviços. Esses são os efeitos imediatos das operações do hub internacional da Air France/KLM/Gol, segundo o Governo do Estado.

Fortaleza recebe nesta quinta-feira (3) os dois primeiros voos diretos vindos de Paris, na França, e de Amsterdã, na Holanda, marcando o início das operações do Centro de Conexões da Air France/KLM/Gol no aeroporto de Fortaleza.

O primeiro voo internacional da KLM, vindo de Amsterdã, teve a aeronave batizada na tarde desta quinta-feira. A aterrissagem ocorreu às 16h58; o voo de Paris aterrissou logo em seguida, às 17h22. Foram jogados jatos de água no avião para marcar a inauguração do centro de voos na capital cearense. (Veja no vídeo acima.)

"Este é um sonho pelo qual trabalhamos desde o início, com a concessão do aeroporto para a Fraport. Só este ano serão 47 novos voos internacionais na capital cearense", ressalta o governador Camilo Santana.

"Serão, inicialmente, cinco voos diretos entre Paris, Amsterdã e Fortaleza. A partir de 30 de outubro teremos um terceiro voo entre Fortaleza e Paris, totalizando seis operações do grupo Air France-KLM no Aeroporto de Fortaleza. O que nós queremos, além do aumento no fluxo de turistas, é uma grande geração de oportunidades na nossa economia", ressalta o secretário do Desenvolvimento Econômico do Ceará (SDE), César Ribeiro.

Embargo na obra

A CEOO da Fraport, Sabine Trenk, afirmou ao G1 que a empresa, atualmente responsável pela administração do aeroporto, realiza uma série de obras no terminal. O prazo inicial era para concluir as intervenções em outubro de 2019, mas a obra sofreu embargos que podem atrasar o andamento do projeto.

"Inicialmente, o prazo para entregar tudo, o terminal remodelado, a ampliação do terminal foi previsto para outubro do próximo ano, mas por conta do embargo da obra por conta de uma jurisdição, temos uma demora, estamos trabalhando para chegar ao prazo, mas é muito difícil", disse.

As obras incluem uma série de melhorias nos serviços e ampliação da capacidade do terminal.

"As reformulações são sobretudo nos processos de chegada e saída dos passageiros. Ampliamos o check-in, toda a área do terminal vai ser maior. fazemos ampliações do controle de segurança, dos postos de imigração, temos tudo para poder receber uma maior quantidade de passageiros, termos uma capacidade maior, e para prestar os serviços com uma qualidade melhor e um processo fluido, rápido e seguro", detalha Trenk.

Parceria e qualificação

O governador Camilo Santana afirmou também que fará acordo com escolas franceses para fornecer cursos de qualificação a estudantes e trabalhadores de Fortaleza.

"Tive oportunidade de ter contato com o Liceu, vamos ter uma parceria com as escolas públicas de ensino médio. Vamos focar agora em fortalecer e qualificar a mão de obra no Ceará e em Fortaleza. Além das línguas, inglês, francês, espanhol, vamos buscar qualificação no turismo, gastronomia pra que a gente possa cada vez mais fortalecer o turismo em Fortaleza."

Além do impacto no turismo, o grupo Air France/KLM explica que as empresas enxergaram como diferencias de Fortaleza para a instalação do centro de conexões fatores com proximidade com a Europa, posição estratégica em relação às capitais do Norte e Nordeste, potencial de desenvolvimento da economia e do turismo, além da modernização do Aeroporto Pinto Martins.

Com o centro de conexão, a Secretaria do Turismo estima que o número de turistas de outros países que visitam o Ceará deve aumentar de cerca de 80 mil por ano para cerca de 150 mil por ano.

Setores da fruticultura, plantas e flores ornamentais e pescado já se articulam para atingir o mercado europeu e asiático através das exportações por modal aéreo. "Teremos oportunidade de exportar cerca de 120 toneladas de produtos cearenses por semana", ressalta o titular da SDE.

Além dos voos internacionais a Gol passará a operar 50 voos nacionais por dia. A expectativa do Governo do Ceará é movimentação de 1,5 milhão de passageiros nacionais pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster